Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

KROKODIL – A DROGA QUE FAZ O USUÁRIO APRODECER EM VIDA!!!

Imagens mostram os efeitos causados pelo uso da droga russa chamada Krokodil. As fotos são impressionantes, mas será que isso é verdadeiro ou falso? As fotografias apareceram na web em 2010 e se espalharam juntamente com um texto afirmando que aquilo mostrado seria o efeito destrutivo de uma nova droga russa. Pessoas com profundas feridas nas pernas, braços e outras partes do corpo como se tivessem sido derretidas vivas! Será que isso é verdade mesmo? 
AVISO: IMAGENS FORTES!
 
Verdadeiro ou falso? 
O caso é verdadeiro! 
A droga existe mesmo! Krokodil Surgida na Sibéria, em 1992, a Krokodil foi criada como uma alternativa mais barata à heroína. Ela é feita a partir da desomorfina, um sedativo e analgésico 10 vezes mais forte que a morfina. Para produzir a droga, são usados alguns componentes improvisados (porém, fáceis de serem adquiridos), como gasolina, querosene, solventes de pinturas, comprimidos de codeína e até fósforo (tirado da lateral das caixinhas de fósforos). Tudo é cozido sem a mínima higiene e cuidado. O produto resultante dessa porcaria é injetado direto na corrente sanguínea (onde houver uma veia fácil).
Um laboratório na Rússia onde é preparada a droga!
Usuária com o braço totalmente corroído pela droga Krokodil! Verdadeiro ou falso?
Foto - Reprodução/Internet
Apesar da “viagem” proporcionada pela Krokodil ser comparada à da heroína, o tempo que ela dura no organismo é pouco, o que obriga ao usuário a se picar novamente em poucos minutos. Como o tempo de preparo é muito maior do que tempo que o “barato” dura no usuário, a Krokodil é feita aos montes – vários e vários litros de uma vez – e, enquanto alguns vão se drogando, outros já vão preparando a nova “fornada” da droga! Com tantos produtos químicos embutidos, a “crocodilo” começa a causar uma irritação no local da aplicação. Essa irritação vai aumentando até necrosar a área onde foi aplicada e chega a deixar expostos ossos e músculos do doente. Na maioria dos casos, o membro afetado acaba tendo que ser amputado!
Quando o efeito da Krokodil passa, as dores são terríveis!

O nome Krokodil 
O nome “Krokodil” vem de “crocodilo” mesmo, como você já deve ter imaginado! Ela foi batizada assim porque a pele dos usuários dessa droga vai ficando esverdeada e cheia de escamas, lembrando a pele do réptil. Não há muito apoio do governo russo para ajudar nas casas de reabilitação de lá. A desintoxicação é bastante lenta e dolorosa. Da Rússia para o mundo Apesar de ser um “sucesso” na Rússia, a Krokodil já está se espalhando por vários países da Europa e há relatos de que essa praga já tenha chegado aos Estados Unidos.
krokodil4
Verdadeiro ou falso? O caso é verdadeiro! A droga existe mesmo! Krokodil Surgida na Sibéria, em 1992, a Krokodil foi criada como uma alternativa mais barata à heroína. Ela é feita a partir da desomorfina, um sedativo e analgésico 10 vezes mais forte que a morfina. Para produzir a droga, são usados alguns componentes improvisados (porém, fáceis de serem adquiridos), como gasolina, querosene, solventes de pinturas, comprimidos de codeína e até fósforo (tirado da lateral das caixinhas de fósforos). Tudo é cozido sem a mínima higiene e cuidado. O produto resultante dessa porcaria é injetado direto na corrente sanguínea (onde houver uma veia fácil).
 A seguir, a primeira parte do documentário “Lágrimas de Krokodil”: O documentário completo pode ser visto com legendas em português no site Vice News
Veja mais fotos de um reduto onde viciados russos preparam e consomem essa terrível droga. Conclusão A história é real! A droga Krokodil existe mesmo e faz esse estrago todo que você viu nesse artigo! 
SUGERIMOS QUE VOCÊ NEM CHEGUE PERTO DESSA (E DE NENHUMA OUTRA) DROGA!