Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

CONATEDU

CONATEDU
CONATEdu 3.0 - Congresso Nacional de Tecnologias na Educação

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

FELIZ 2012 PARA TODOS!!!!

 QUE SEJA UM ANO DE MUDANÇAS EM TODOS OS SENTIDOS.
QUE OS LEITORES, AMIGOS, VISITANTES,  ENFIM TODOS TENHAM UM 2012 BRILHANTE!!!
Em 2012 tudo o que você pensar se tornará realidade no mesmo instante. 
Então comece desde já a treinar, meditar e curar o seu jeito de pensar.
Comece a pensar só coisas edificantes que te elevem para a luz, para a felicidade e a alegria.
Somente dentro desse espirito é que conseguiremos mudar o planeta, e fazer com que o planeta seja salvo para entrar na Era Dourada.
Cada vez mais acelerado vai ficar o pensar e o acontecer.
Então, em função disto, temos que limpar nossas mágoas, medos, raivas e ressentimentos para que isso não polua nossos pensamentos. Para quando chegar 2012, voce estar puro e livre para poder construir a vida que quer ter e o planeta que quer ter.
Já imaginou se todos nós pensarmos coisas boas, como ficará a energia do planeta? Pois imediatamente isso se tornará realidade.
E se pensarmos coisas negativas, também imediatamente se tornará realidade.
Então aprenda a purificar seus pensamentos, pois a aceleração do pensar e acontecer já está sendo cada vez mais rápida e surgirá a realidade que quisermos que aconteça.
Bem, então vamos começar a melhorar nosso planeta e a nós através dessa transformação interior.
É urgente que curem e limpem seus pensamentos, pois do contrário teremos uma catástrofe no planeta se continuarmos inconscientes de que somos os criadores da nossa própria vida.
Você é responsável pela tua própria vida. Você cria a tua vida com a tua maneira de pensar e sentir.
Ou seja, nós somos criadores da nossa própria vida, então vamos assumir essa responsabilidade e mudar nossa maneira de encarar a vida e a nós mesmos.
São os meus desejos.

FOTO DE SATÉLITE DO PUYEHUE-CORDON NO CHILE ANTES DO NATAL


Foto do Puyehue-Cordon foi tomada em 23 de dezembro a partir do EO-1.
Imagem mostra cinzas saindo da cratera, coberta de neve.
Puyehue-Cordón atualmente
Imagem divulgada pela Nasa a partir do Land Imager, que está no satélite EO-1, feita em 23 de dezembro, mostra a fissura noroeste do vulcão Puyehue-Cordón, no Chile. Fumaça, cinzas e vapor saem da fissura, em direção ao oeste e ao norte. A imagem também mostra neve na superfície do vulcão, que provocou transtornos na aviação civil do cone sul da América do Sul ao longo de 2011. (Foto: Nasa/AP)

UMA NOVA ILHA SURGE NO MAR VERMELHO

Satélites da NASA captam imagens da mais recente ilha do arquipélago de Al-Zubair
Uma erupção ocorrida no Mar Vermelho está a dando origem a uma nova ilha vulcânica. Segundo informações da agência espacial norte-americana - NASA, vários pescadores de As-Salif, cidade portuária no oeste do Iémen, observaram uma erupção perto de uma ilha desabitada do arquipélago de Al-Zubair. Viram, no dia 19 de Dezembro, fontes de lava alcançarem mais de 30 metros de altura.
O Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer (MODIS) que se encontra nos satélites Terra e Aqua, da NASA , observaram nuvens de fumaça dias 20 e 22. O Ozone Monitoring Instrument, do satélite Aura, detectou níveis elevados de dióxido de enxofre, indicando uma erupção.
Imagem de satélite da Nasa mostra a nuvem de fumaça de erupção vulcânica no
Arquipélago de Al-Zubair que está fazendo surgir nova ilha no Mar Vermelho.
 NASA
A atividade no Mar Vermelho inclui mais do que uma erupção. No dia 23, apareceu algo com o aspecto de uma ilha. O Advanced Land Imager, outro instrumento de observação da NASA, capturou imagens em alta resolução.
Comparando estas imagens recentes com uma captada em 2007, observou-se as diferenças na região e a nova ilha, onde antes era uma superfície de água contínua.
Esta região faz parte do rifte do Mar Vermelho, onde as placas tectónicas africanas e da Península arábica se separam e a crosta oceânica colide com regularidade.
O Mar Vermelho (que tém sua água azul)
SOBRE O MAR VERMELHO
O mar Vermelho (árabe:Bahr el-Ahmar, hebraico Yam Suf ou Hayam Haadóm) é um golfo do Oceano Índico entre a África e a Ásia. Ao sul, o mar Vermelho comunica com o oceano Índico pelo estreito de Bab el Mandeb e o golfo de Áden. A norte se encontram a península do Sinai, o golfo de Aqaba e o canal de Suez (que permite a comunicação com o Mar Mediterrâneo).
O mar Vermelho tem um comprimento de aproximadamente 1900 km, por uma largura máxima de 300 km e uma profundidade máxima de 2 500 metros na fossa central, com uma profundidade média de 500 m, sua água tem um percentual de salinidade de 40%. O mar Vermelho é famoso pela exuberância de sua vida submarina, sejam as inúmeras variedades de peixes ou os magníficos corais. A superfície do mar Vermelho é de aproximadamente 450 000 km², com uma população de mais de 1000 espécies de invertebrados, de 200 espécies de corais e de ao menos 300 espécies de tubarões.
As temperaturas na superfície do mar Vermelho são relativamente constantes, entre 21 e 25 °C. A visibilidade se mantém relativamente boa até 200 metros de profundidade, mas os ventos podem surgir rapidamente e as correntes se revelarem traiçoeiras.
A criação do mar Vermelho é devida à separação das placas tectônicas da África e da península arábica. O movimento começou há cerca de trinta milhões de anos e continua atualmente, o que explica a existência de uma atividade vulcânica nas partes mais profundas e nas margens. Admite-se que o mar Vermelho transformar-se-á em um oceano, como propõe o modelo de John Tuzo Wilson.
O mar Vermelho é um destino turístico privilegiado, principalmente para os amantes de mergulho submarino.
Os países banhados pelo mar Vermelho são Arábia Saudita, Djibuti, Egito, Eritreia, Iêmen, Israel, Jordânia e Sudão.
Algumas cidades costeiras do mar Vermelho: Assab, Port Soudan, Port Safaga, Hurghada, Suez, Sharm el Sheikh, Eilat, Aqaba, Dahad, Jeddah, Al Hudaydah.
Ao contrário do que possa parecer, o Mar Vermelho, braço do Oceano Índico entre a costa da África e a Península Arábica, não tem esse nome por causa de sua cor. De longe suas águas têm um aspecto azulado. Normalmente são também bastante límpidas, o que faz que a região seja utilizada para atividades de mergulho. A mais provável origem do nome são as bactérias trichodesmium erythraeum, presentes na superfície da água. Durante sua proliferação elas deixam o mar com manchas avermelhadas em alguns lugares. Outra possibilidade são as montanhas ricas em minerais na costa arábica, apelidadas de "montanhas de rubi" por antigos viajantes da região.





quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

A ESCRAVIDÃO TRANSATLÂNTICA INTRODUZIU A MALÁRIA NA AMÉRICA DO SUL

Duas variantes da doença foram introduzidas durante tráfico promovido por portugueses e espanhóis
Francisco Ayala liderou a investigação
Um novo estudo sobre como e quando a malária entrou na América do Sul sugere que a doença teria sido propagada com a escravatura transatlântica. Como já indicavam trabalhos anteriores, a doença chegou a bordo de barcos que transportavam escravos entre África e os portos portugueses e espanhóis na América. Apesar de esta teoria ser “controversa”, são apresentados no estudo “dados conclusivos”, afirmam os próprios investigadores.
A escravatura negra transcontinental impulsionada por estes países durante três séculos terá sido a responsável pelas variantes duas de malária que existem hoje em dia na América do Sul. O estudo, publicado na «PNAS», foi dirigido pelo investigador espanhol Francisco Ayala, da Universidade de Califórnia em Irvine.
Uma equipe de investigadores de 15 países analisou mais de 500 amostras de sangue humano infectado com o parasita Plasmodium falciparum, que provoca a doença, recolhido em 17 países de África, Ásia e América do Sul. A análise genética permitiu reconstruir a expansão da doença desde a sua origem africana.
Estudos anteriores já tinham permitido comprovar que a malária passou dos símios aos humanos e que há 6 mil anos a doença expandiu-se rapidamente devido ao auge do sistema agrícola.
As análises permitiram encontrar duas variantes principais de malária no sul do continente americano, uma para cada país colonizador.
A subdivisão das Américas em dois impérios e o fato de cada um dos países levar os escravos para regiões diferentes explica a origem das duas variantes que estão presentes nos dados recolhidos.
Esta investigação ainda não está completa. Os cientistas querem perceber se a posterior emigração do sul da Europa e da Ásia para a América terá levado consigo novas variantes da doença.
Artigo: Multiple independent introductions of Plasmodium falciparum in South America

Dados:
Plasmodium falciparum
Plasmodium falciparum no sangue
 Classificação científica
Plasmodium falciparum
Welch, 1897

TERRA OCA FANTASIA OU REALIDADE - VÍDEO

Por Terra oca entende-se um conjunto de teorias desenvolvidas ao longo da história que propõem ser a Terra uma estrutura oca.
As primeiras formulações científicas sobre o tema datam do século XVII, pelo astrônomo britânico Edmond Halley, que propunha um planeta formado por camadas concêntricas e espaçadas entre si. Nos séculos seguintes, a tese serviu de base para o enredo de diversas obras esotéricas e literárias. Entre as teorias filiadas a essa linha de pensamento, uma das mais conhecidas é a que propõe à Terra um interior habitado por animais superiores, como mamíferos, aves e répteis, com entradas para esse lado interno localizadas nos pólos terrestres.

Terra Oca, formação,evidências,habitantes,personagens,aurora boreal?

ANATOMY 3D MODELS COLLECTION (+BONUS TUTORIALS)

Anatomy 3D Models Collection (+Bonus Tutorials)
.max | .low |
4cd | .obg | textures | FLV | MP4 | MOV | 874 MB

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

VIENNA SYMPHONIC LIBRARY COMPLETO

O Vienna Instruments Symphonic Cube é uma biblioteca que contém uma orquestra completa, composta de dez coleções que também podem ser adquiridas separadamente:
solo strings (cordas);
chamber strings (cordas para música de câmara);
orchestral strings (cordas de orquestra), 2 coleções;
harps (harpas);
woodwinds (madeiras), 2 coleções;
brass (metais), 2 coleções (uma delas inclui uma trompa wagneriana);
percussion (percussão).
A coleção vale no mercado atual 15.000 Euros, então corram e abaixem!!!!
Vienna Symphonic Library COMPLETO (45 DVD)
Inglês | Pc | Windows | Tamanho: 158 Gb Gênero: Software Multimídia Download - links FileServe - Extração Único - Sem senha

Disc .. Content
......................................
DVD01 . Violin ensemble - 14 (20-44) .
DVD02 . Solo violin (20-41) ..........
DVD03 . Viola ensemble - 10 (20-41) ..
DVD04 . Harp (20-25) .................
DVD05 . Cello ensemble - 8 (20-37) ... Double bass ensemble - 6 (20-29)
DVD06 . Solo cello (20-31) ...........
DVD07 . Piccolo flute (20-26) ........ Flute - 1 (20-32) . Flute - 2 (20-30)
DVD08 . Alto flute (20-24) ........... Oboe (20-34) ...... English horn (20-30)
DVD09 . Piccolo Trumpet (20-33) ...... Trumpet - C (20-34)
DVD10 . Bass trumpet (20-33) ......... Trumpet ensemble - 3 (20-35)
DVD11 . Clarinet - Bb (20-38) ........ Bass clarinet (20-27)
DVD12 . Contra Bassoon (20-29) ....... Cimbasso (20-28)
DVD13 . Bassoon (20-33) .............. Tenor trombone (20-34)
DVD14 . Bass trombone (20-30) ........ Contrabass trombone (20-27)
....... Trombone ensemble - 3 (20-34)
DVD15 . Horn (20-37) ................. Horn ensemble - 4 (20-34)
DVD16 . Tuba (20-31) . Contrabass tuba (20-28) . Wagner tuba (20-27)
....... Timpani (20-21) . Drums (A01-A05) . Percussion (E06 E09 E10 E11 E15)
....... Performance Tool v2 (beta 1) . Presets . Tutorials . VOTA Utility 2.0.3

TORRENT


























































































































terça-feira, 27 de dezembro de 2011

REINO UNIDO E FRANÇA DEBATEM A REMOÇÃO DE IMPLANTES MAMÁRIOS


A RECOMENDAÇÃO DOS FRANCESES
O governo francês recomendou nesta sexta-feira a retirada "de forma preventiva" das próteses mamárias da marca PIP de cerca de 30 mil mulheres na França, embora tenha esclarecido que não há provas de que estes implantes - que foram exportados a diversos países da Europa e da América Latina, inclusive ao Brasil - aumentem os riscos de câncer.
O governo francês insistiu que não se trata de uma emergência
"Por prevenção e sem caráter de urgência, (as autoridades francesas) desejam que a retirada das próteses, mesmo sem evidências clínicas de deterioração do implante, seja oferecida às mulheres", anunciou o ministério da Saúde em um comunicado.
Os especialistas do Instituto Nacional do Câncer (INCA) informaram suas conclusões na quinta-feira ao governo francês.
"Até este momento, não constatamos um risco maior de câncer em mulheres com próteses da marca PIP comparado com outras próteses", disseram. Um total de 8 casos de câncer foram relatados na França em mulheres que tiveram problemas com implantes PIP, mas nenhuma ligação de causalidade foi estabelecida.
Cerca de 30.000 mulheres na França implantaram próteses mamárias da marca PIP. Algumas delas foram preenchidas com um gel de silicone impróprio para o uso medicinal, o que provoca um aumento do risco de ruptura e vazamento do envelope da prótese, de acordo com o governo francês.
Os custos relativos à eventual retirada destes implantes serão pagos pelo Estado, assegurou o governo.
"Caso não queiram explantá-lo, serão beneficiadas por um acompanhamento por ultrassonografia mamária e axilar a cada 6 meses", acrescentou o ministério.
"Diante da ausência de novas provas sobre o silicone ou de novos dados clínicos sobre complicações específicas, os especialistas acreditam não terem provas suficientes para sugerir a remoção sistemática desses implantes como medida preventiva", no entanto, apoiam a expertise coletiva coordenada pelo INCA.
O governo francês insistiu que não se trata de uma emergência
As autoridades sanitárias, contudo, apontam "riscos claros" de "ruptura" e "do poder irritante do gel de silicone, que pode causar reações inflamatórias".
As próteses mamárias da empresa francesa Poly Implant Prothèse (PIP) estão no centro de um escândalo há algumas semanas, e na Grã-Bretanha 250 mulheres entraram com um processo depois que ao menos a metade delas teve problemas com as próteses de mama fabricadas pela PIP.
Antes da falência da empresa, em março de 2010, as exportações da PIP representavam 84% da sua atividade. Eram produzidos cerca de 100 mil implantes anualmente.
Entre os principais mercados está a América do Sul (Venezuela, Brasil, Colômbia e Argentina, principalmente), que comprava mais de 58% do que era exportado em 2007 e 50% em 2009.
No entanto, desde a primavera de 2010, com o alerta das autoridades francesas em relação a um processo de fabricação impróprio, o Chile, a Venezuela e o Brasil ordenaram a retirada dos implantes de PIP de seus mercados.
Cerca de 10.000 próteses da PIP foram retirados do mercado do Brasil, enquanto 25.000 mulheres brasileiras ainda utilizam estes implantes, de acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).
No Reino Unido, a agência que monitora produtos médicos estima que entre 40.000 e 50.000 mulheres usam implantes desta marca. Mas fez um apelo para que elas "não entrem em pânico", já que não há nenhuma evidência da ligação entre os implantes e a ocorrência de câncer que justifique a remoção das próteses.
O QUE DIZEM OS INGLESES
Os investigadores suspeitam que a empresa tentou reduzir os custos utilizando o gel de silicone, economizando assim um milhão de euros por ano. Desde então, mais de 2.000 mulheres apresentaram queixas em Marseille, no sudeste da França.
As autoridades britânicas da Saúde anunciaram nesta sexta-feira que o governo do Reino Unidos não recomenda a remoção dos implantes mamários produzidos pela empresa francesa PIP, utilizados por 42.000 mulheres no país, posição contrária à adotada pela França.
Nesta sexta-feira o ministério francês da Saúde recomendou que as mulheres que possuem a prótese façam a operação de retirada, mesmo sem ter provas suficientes que comprovem o aumento do risco de câncer.
O ministro da Saúde, Andrew Lansley, disse à rede de televisão BBC que as autoridades médicas britânicas "não têm evidências da relação do uso das próteses com a incidência de câncer".
"Não temos provas da toxicidade, nem evidências da existência de uma diferença substancial quanto à ruptura dos implantes em comparação com outros produtos", afirmou.
Sally Davis, do serviço de saúde pública, ressaltou que, "apesar de respeitar a decisão do governo francês, nenhum outro país seguirá o mesmo caminho por não existirem evidências que sustentem tal determinação".
"Por esta razão, e porque a remoção de implantes também representa risco, não recomendamos essa operação agora".
O governo francês insistiu que não se trata de uma emergência, mas recomendou que as 30.000 mulheres que usam os implantes de PIP façam a remoção.

NOTA DO BLOG
Na verdade as mulheres ficam sem saber o que realmente é verdade nesta situação, parece briga do Capeta com o Diabo. Gastam dinheiro com pesquisas, colocam o produto no mercado e depois dizem que são prejudiciais à saúde humana, porque não viram isto antes?

SCIENCE E NATURE PODERÃO DIVULGAR ESTUDO SOBRE VÍRUS MORTAL

Vírus mutante da gripe das aves foi produzido na Holanda.
As duas grandes revistas científicas internacionais – «Science» e «Nature» – estudam qual será a forma mais adequada de publicar um trabalho de investigação sobre um vírus mortal mutante da gripe das aves, produzido em laboratório, sem comprometer a segurança pública.
O estudo foi desenvolvido no laboratório holandês, liderado por Ron Fouchier, do centro médico Erasmus de Roterdã. O investigador teria anunciado, há poucos meses, a criação de um vírus mutante H5N1, de fácil contágio entre os mamíferos e, consequentemente, entre os seres humanos.
O Painel Consultivo sobre Biossegurança dos Estados Unidos (NSABB), integrado por especialistas, pediu em Novembro que a «Science» "omitisse detalhes sobre métodos científicos e as mutações específicas do vírus no estudo de Fouchier, antes de publicá-la", segundo a fonte da revista. A direção editorial da publicação informou também, em comunicado, que "leva muito a sério" a solicitação do NSABB, na qual pede para "apenas publicar uma versão resumida do relatório”.
Segundo a revista norte-americana, a informação é importante para os cientistas que fazem investigação sobre o vírus da gripe aviária.
A britânica «Nature» partilha a preocupação e também confirma que avalia a possibilidade de publicar o estudo, pelas mesmas razões, já que avanços na investigação permitem proteger a população.
Contudo, a publicação do estudo dependerá daquilo que for decidido pelas autoridades federais norte-americanas. As decisões finais deverão vir a público dentro de duas semanas, tendo em consideração um acesso seguro à informação àqueles que precisem consultá-la.
Um diário brasileiro afirmou que o Instituto Pasteur teria refutado a possibilidade de que terroristas “possam reproduzir em laboratório o vírus mortal, com base no estudo do professor Fouchier, devido à complexidade técnica que demanda e ao pequeno número de laboratórios no mundo que contam com as instalações necessárias”.

FÓSSEIS DE DINOSSAUROS HERBÍVOROS ENCONTRADOS PELA PRIMEIRA VEZ NA ANTÁRTIDA

Equipe de pesquisadores da argentina descobriram fósseis de um titanossauro na Ilha James Ross
Titanossauros era saurópodes, herbívoros de quatro pernas
A presença de grandes dinossauros herbívoros foi registrada pela primeira vez na Antártida. Num trabalho dirigido por Ignacio Alejandro Cerda, do CONICET (Conselho Nacional de Pesquisas Científicas e Técnicas da Argentina), explica que a espécie titanossauro, pertencente aos saurópodes, teve uma distribuição mundial, pelo menos durante o Cretáceo Superior. O estudo está publicado no jornal alemão «Naturwissenschaften».
Até agora os vestígios de saurópodes, um dos grupos mais comuns de dinossauros herbívoros tinham sido encontrados em todos os continentes exceto na Antártida. 
Nas últimas duas décadas foram feitas algumas descobertas de dinossauros na Ilha James Ross (extremo nordeste da Península Antártica). Mas é a primeira vez que se encontra um saurópode.
Os investigadores apresentam no artigo agora publicado uma descrição detalhada do fragmento de uma vértebra da cauda, recuperada naquela ilha. O tamanho e a morfologia específica da amostra levam os investigadores a identificá-lo como um “titanossauro avançado”.
Estes dinossauros apareceram durante o Cretáceo inferior e compõem o grupo mais predominante de saurópodes. Extinguiram no final do Cretáceo, juntamente com a grande maioria dos dinossauros. Apesar de ter sido uma das espécies mais comuns e com maior êxito, a sua origem e dispersão não estão ainda totalmente esclarecidas.

SUBSTÂNCIA DO VIAGRA PARA TRATAR INSUFICIÊNCIA CARDÍACA DIASTÓLICA

A sildenafila faz com que as paredes do coração voltem a ganhar elasticidade
“As moléculas Titina são semelhantes a elásticos”,
explicam os cientistas

Um estudo conjunto da Ruhr-Universität (Alemanha) e da Mayo Clinic (EUA) revela o mecanismo segundo o qual a substância sildenafila, o componente ativo do conhecido Viagra (que trata a disfunção eréctil), alivia problemas cardíacos.
Segundo a experiência que deu origem ao artigo, publicado na revista «Circulation», a substância melhorou a condição de cães que sofriam de insuficiência cardíaca diastólica. Esta doença faz com que o sangue não consiga encher suficientemente o coração durante o período diástole, ou seja, de relaxamento muscular. Esta substância já é utilizada para tratar a hipertensão pulmonar.
Os cientistas mostraram que a sildenafila torna as paredes rijas do coração outra vez mais elásticas. A droga ativa uma enzima que faz com que a proteína gigante Titina (cuja função está relacionada com a contração e a elasticidade muscular) relaxe as células miocárdias.
A sindenalila inibe uma enzima específica, a fosfodiesterase  5 A, que aumenta a formação da substância mensageira Monofosfato cíclico de guanosina (cGMP). Esta substância, por sua vez, ativa as proteínas quinases G, que ligam grupos de fosfatos a certas proteínas.  
Este processo de fosforilação faz com que os vasos sanguíneos relaxem. A proteína do músculo cardíaco Titina é também fosfatizada através do mesmo mecanismo. “As moléculas Titina são semelhantes a elásticos”, explicam os investigadores, acrescentando que a atividade da proteína quinase G faz com que a Titina relaxe. Isto torna as paredes cardíacas mais elásticas. O efeito ocorre alguns minutos depois da toma do medicamento.
“Dos pacientes com mais de 60 anos que são hospitalizadas por causa de um coração fraco, metade sofre de insuficiência cardíaca diastólica”, esclarecem os autores. A eficácia da sildenafila em pessoas está sendo testada.

REVISTA CIENTÍFICA SCIENCE ESCOLHE TESTE COM DROGAS ANTI-HIV COMO A GRANDE INOVAÇÃO DE 2011

Um teste clínico que demonstrou que medicamentos contra o HIV podem ser tão eficazes quanto os preservativos na prevenção da transmissão do vírus causador da Aids foi escolhido a inovação do ano da revista científica Science nesta quinta-feira.
A lista das 10 maiores inovações, feita pela Associação Americana para o Progresso da Ciência, que publica a revista Science, estará na edição de sexta-feira do periódico.
A matéria do ano foi um teste internacional, cunhado HPTN 052, que demonstrou que as pessoas que tomam medicamentos antirretrovirais reduziram o risco de transmissão heterrossexual para seus parceiros em 96%.
A inovação foi descrita por alguns especialistas como um ponto decisivo na luta contra a Aids, 30 anos depois de a epidemia ser identificada pela primeira vez.
O teste começou em 2007 e foi feito com 1.763 casais heterossexuais - em que um dos parceiros era soropositivo - de Brasil, Botsuana, Índia, Quênia, Malaui, África do Sul, Tailândia, Estados Unidos e Zimbábue.
Segundo a revista, o teste terá "profundas implicações na resposta futura à epidemia de HIV", vírus que infecta cerca de 33 milhões de pessoas em todo o mundo e matou 1,8 milhão em 2009.
"Os resultados do HPTN 052 e outros feitos recentes despertaram a esperança de que combinar estas intervenções possa por um fim à epidemia de Aids em países inteiros, se não no mundo", destacou a revista.
Enfermeira prepara coquetel de medicamentos para pacientes com Aids,
em Chongqing, China, 30/11/08
Entre as outras grandes inovações de 2011 estão o retorno à Terra de uma nave japonesa trazendo poeira de um asteroide, os avanços feitos para a obtenção de uma vacina contra a malária e descobertas sobre genes de humanos modernos relacionados com os homens das cavernas.


COMPOSTO DE ÓLEO PEIXE PODE SE TORNAR CURA PARA LEUCEMIA

Uma pesquisa recente descobriu um composto produzido a partir de óleo de peixe que parece alvejar células-tronco da leucemia, o que poderia levar a uma cura da doença.
O composto – delta-12 protaglandina-J3, ou D12-PGJ3 – atacou e matou as células-tronco da leucemia mielóide crônica em camundongos. Ele foi produzido a partir do ácido eicosapentaenoico, um ácido graxo Omega-3 encontrado nos peixes e no óleo de peixe.
“Pesquisa anteriores mostraram benefícios de saúde dos ácidos graxos sobre o sistema cardiovascular e o desenvolvimento do cérebro, particularmente em crianças, mas nós mostramos que alguns metabólitos do Omega-3 tem a habilidade de matar seletivamente as células da leucemia”, disse o cientista Sandeep Prabhu. “Os ratos se curaram completamente da leucemia, sem recaídas”.
células-tronco da leucemia
Os pesquisadores disseram que o composto mata as células-tronco cancerígenas no baço e medula óssea dos ratos.
Especificamente, ele ativa um gene chamado p53 nas células-tronco da leucemia, que programam a morte da própria célula.
“P53 é um gene supressor de tumor que regula a resposta ao dano no DNA e mantém a estabilidade genômica”, disse Prabhu.
Matar as células-tronco da leucemia, o câncer das células brancas do sangue, é importante porque as células-tronco podem se dividir e produzir mais células cancerígenas.
A terapia atual para a doença apenas prolonga a vida do paciente, mantendo o número de células de leucemia baixo, mas as drogas não conseguem curar completamente a doença, porque não têm como alvo as células-tronco da leucemia. Essas células-tronco podem se esconder do tratamento, e uma pequena população de células-tronco dá origem a mais células de leucemia.
Durante os experimentos, os pesquisadores injetaram em cada camundongo cerca de 600 nanogramas de D12-PGJ3 por dia durante uma semana.
Os testes mostraram que os camundongos ficaram completamente curados da doença. O hemograma saiu normal, e o baço voltou ao tamanho normal. A doença não voltou.
Atualmente, os pesquisadores estão trabalhando para determinar se o composto pode ser usado para tratar a fase terminal da doença, conhecida como crise blástica. Hoje, não há medicamentos disponíveis que podem tratar a doença quando ela avança para esta fase. Eles também estão com um pedido de patente para testar o composto em humanos.[ScienceDaily]

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

SÓ UMA PONTE...

Só no Brasil a nova ponte do Rio Guaíba não é o caminho mais curto entre o Ministério dos Transportes e a penitenciária
Há bem pouco tempo, o governo da China inaugurou a ponte da baía de Jiaodhou, que liga o porto de Qingdao à ilha de Huangdao. Construído em quatro anos, o colosso sobre o mar tem 42 quilômetros de extensão e custou o equivalente a R$2,4 bilhões.
a ponte da baía de Jiaodhou que tem 42KM
 
 
Há uma semana, o DNIT escolheu o projeto da nova ponte do Guaíba, em Ponte Alegre, uma das mais vistosas promessas da candidata Dilma Rousseff. Confiado ao Ministério dos Transportes, o colosso sobre o rio deverá ficar pronto em quatro anos. Com 2,9 quilômetros de extensão, vai engolir R$ 1,16 bilhão.
a futura ponte do Guaíba
Intrigado, o matemático gaúcho Gilberto Flach resolveu estabelecer algumas comparações entre a ponte do Guaíba e a chinesa. Na edição desta segunda-feira, o jornal Zero Hora publicou o espantoso confronto numérico resumido no quadro abaixo:
Os números informam que, se o Guaíba ficasse na China, a obra seria concluída em 102 dias, ao preço de R$ 170 milhões. Se a baía de Jiadhou ficasse no Brasil, a ponte não teria prazo para terminar e seria calculada em trilhões. Como o Ministério dos Transportes está arrendado ao PR, financiado por propinas, barganhas e permutas ilegais, o País do Carnaval abrigaria o partido mais rico do mundo.
Divergências numéricas
Depois de ter ordenado o afastamento dos oficiais, aí incluído o coronel do DNIT, Dilma Rousseff parecia decidida a preservar o general. “O ministro era o responsável pela coordenação do processo de apuração das denúncias feitas contra o Ministério dos Transportes”.  
O ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento (PR-AM), deixou o cargo após denúncias sobre um suposto esquema de superfaturamento em obras envolvendo servidores da pasta. A crise se agravou após suspeitas de que o filho do ministro tenha enriquecido ilicitamente em razão do cargo do pai.
Corruptos existem em qualquer lugar. A diferença é que o Brasil institucionalizou a impunidade. Se tentasse fazer em outros países uma ponte como a do Guaíba, Alfredo Nascimento e seus parceiros saberiam que o castigo começa com a demissão e termina na cadeia. 

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

BOM NATAL A TODOS!!!t

Tenham um delicioso e prazeroso Natal.
São os meus votos sinceros.

AUTORIDADES ADVERTEM SOBRE RISCO DO USO DE MEDICAMENTO MULTAQ

A Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos determinou nesta segunda-feira à gigante farmacêutica francesa Sanofi que modifique a etiqueta de seu medicamento para o coração Multaq, após a descoberta de que ele duplica o risco de morte em certos pacientes.
Os pacientes que sofrem de arritmia cardíaca anormal permanente ou fibrilação auricular não devem tomar o medicamento (dronedarona), já que ele dobra o risco de morte vascular, apoplexia e insuficiência cardíaca, segundo a FDA.
As conclusões são baseadas em dados de dois estudos clínicos realizados com pacientes que sofrem de fibrilação auricular permanente.
Mas outro estudo médico, que analisou pacientes com um tipo de arritmia conhecida como fibrilação auricular não permanente, mostrou que o Multaq "tem efeitos benéficos" e pode ser prescrito.
Desde que a FDA aprovou o medicamento, em julho de 2009, já ocorreram 1,3 milhão de prescrições nos Estados Unidos.
QG da Sanofi-Aventis nos arredores de Paris (foto arquivo)



ACIDENTES COM ANIMAIS PEÇONHENTOS CRESCEM 80% NO CALOR; VEJA ALGUNS CUIDADOS BÁSICOS

De novembro a março, meses mais quentes do ano, o número de acidentes com animais peçonhentos aumenta aproximadamente 80%, segundo o Instituto Butantan. Com a maior quantidade de chuvas, os esconderijos dos animais alagam e eles são obrigados a deixar os locais, entrando em contato com as pessoas. Saiba quais os cuidados que devem ser tomados se esse tipo de problema acontecer.
Nunca amarre a região da picada. (Foto: Thinkstock)
Ao contrário do que se costuma ouvir, não se deve amarrar o local do ferimento. Além de não evitar a disseminação do veneno, isso pode acarretar necrose. Se a picada for causada por uma cobra,  lave o local afetado apenas com água e sabão; não passe outro produto ou medicação.
Se a picada for causada por um escorpião, faça compressa com água morna.
(Foto: Thinkstock)
Quanto à ferroada de escorpião, a primeira medida é fazer uma compressa de água morna sobre a ferida para ajudar a aliviar a dor até a chegada ao serviço de saúde. Por outro lado, não mexa no ferimento e procure atendimento médico imediatamente em casos de picadas de aranhas e queimaduras de taturanas.
Não mexa no ferimento, caso ele seja provocado por uma aranha.
(Foto: Thinkstock)
“É fundamental que as pessoas sigam essas recomendações e procurem, o quanto antes, o serviço médico. Isso garantirá o diagnóstico precoce e um tratamento eficaz”, alerta o diretor-médico do hospital Vital Brazil, Carlos Medeiros.
O que fazer em caso de acidentes:
  • Lavar o ferimento com água e sabão;
  • Lavar o local da picada apenas com água ou com água e sabão;
  • Elevar o local afetado;
  • Dar bastante água à vítima para manter a hidratação;
  • Procurar serviço médico o quanto antes;
O que NÃO fazer em caso de acidentes:
  • Cortar ou furar o local da picada para tentar extrair o veneno;
  • Fazer torniquetes, ou seja, amarrar o local para evitar a circulação sanguínea;
  • Em caso de aparecimento de algum animal peçonhento, tentar removê-lo sem ajuda de um profissional qualificado;
  • Não passar produtos como manteiga, cremes ou outras substancias gordurosas no local do ferimento;
Orientações por telefone
O Instituto Butantan disponibiliza para a população um telefone de orientação em casos de emergência e acidentes com animais peçonhentos. O serviço funciona 24 horas por dia e orienta o cidadão sobre o local mais próximo para atendimento. O telefone é o (11) 3726-7962.
Outras dicas de prevenção estão disponíveis no site www.butantan.gov.br.