Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Para Salvar o Amor
Para salvar o amor, não basta o querer,
o amor quando está afundando,
não pede uma bóia qualquer.
O amor pede um grande barco,
um coração largo.

O amor pede humildade,
e antes de mais nada, muita serenidade.
O orgulho, a mágoa, o ressentimento,
são facas afiadas,
que matam qualquer sentimento.

O amor pede calmaria,
mesmo diante de notícia ruim,
mesmo diante de fatos lamentáveis,
o amor, e só ele, pede calma.
E a reflexão pode salvar o amor,
porque o amor é mais que pensamento,
amor não é isolamento,
é união, compaixão, declaração, perdão.

Por isso, antes de começar o dia,
antes que a noite termine,
declare o seu amor de diversas formas.
Diga eu te amo,
mas faça um gesto de amor.
Vale flores, doces, presentinhos,
um recado mal anotado num bilhetinho.

Gestos grandes ou pequenos,
uma tatuagem no corpo,
ou melhor ainda,
uma tatuagem na alma,
onde nem o tempo, nem a morte,
podem apagar.

O amor pede atenção,
que começa no seu pensamento,
e sempre termina, no seu coração.
...

Autor: Paulo Roberto Gaefke

Um comentário:

  1. Que doce poeta! Nem que seja pura preservação da espécie, vamos buscar o amor desenfreadamente.

    ResponderExcluir