Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

domingo, 15 de julho de 2012

A ANSIEDADE LEVA AO ENVELHECIMENTO PRECOSE

Pessoas com elevados níveis de stress têm menor tamanho de telômeros
Ansiedade elevada associada a envelhecimento
A ansiedade acelera o processo de envelhecimento natural do ser humano, segundo afirmação de uma equipe de investigadores do Hospital Brigham and Women, da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.
O recente estudo, publicado na PLoS One, mostra que quanto mais ansiosa for determinada pessoa, menor é o tamanho dos seus telômeros – estruturas constituídas por fileiras repetitivas de proteínas e DNA que formam as extremidades dos cromossoma e funcionam como um protetor para os cromossomas assegurando que a informação genética (DNA) relevante seja perfeitamente copiada quando a célula se divide.
Telômero formando uma laçada.
Os telômeros são considerados marcadores do envelhecimento biológico ou celular e os encurtados foram ligados a um maior risco de câncer, doenças cardiovasculares, demências e aumento da taxa de mortalidade.
Para o estudo, a equipe de cientistas analisou amostras de sangue de 5.243 mulheres com idades compreendidas entre 42 e 69 anos. Usando as amostras, os investigadores analisaram o comprimento dos telômeros e questionários a que responderam as voluntárias, sobre níveis de ansiedade e possíveis sintomas de fobia.
Segundo os resultados, maiores níveis de ansiedade e maior número eventos de fobia foram associados a telômeros de comprimento significativamente mais curto. “Muita gente questiona se o stress pode acelerar o envelhecimento”, disse a coordenadora do estudo, Olivia Okereke e acrescenta “que o estudo estabelece uma ligação entre uma forma comum de stress psicológico, que é a ansiedade acompanhada de fobia, e um mecanismo para envelhecimento prematuro”.
No entanto, a equipe ressalva que é necessário realizar mais investigações para saber “se é de fato a ansiedade que provoca o encurtamento dos telômeros, ou se é o contrário”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário