Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

terça-feira, 31 de julho de 2012

CHARLES DARWIN O INVENTOR DA CADEIRA DE ESCRITÓRIO, PORQUE ELE ERA UM GÊNIO

O inglês Charles Darwin certamente estava à frente de seu tempo, em vários sentidos. Nascido na cidade de Shrewsbury, em 1809, esse cientista revolucionou nossa visão de mundo com sua teoria da seleção natural, se tornando figura polêmica não só até 1882, ano de sua morte, mas até hoje.
A evolução ainda não é completamente aceita por todos, por conta de certa (discutível) contradição com alguns dogmas religiosos, mas inúmeras evidências e uma ampla disseminação no meio científico trazem a teoria da seleção natural e Darwin ao topo do pódio da ciência.
O famoso, embora pouco lido e compreendido, luminar da ciência do século 19 é bastante conhecido por suas viagens, seus estudos de campo, suas ilhas, mas o que quase nunca nos damos conta é de que Darwin teve que sentar em algum momento de sua vida para analisar todas as suas anotações (além, é claro, de ter sentado por um bom tempo quando passou pelas Universidades de Edimburgo (Escócia) e Cambridge (Inglaterra)).
Junte a isso o fato de Darwin ser um gênio, e temos a cadeira ergonômica de escritório. Claro, não como a conhecemos hoje (e na qual você provavelmente está sentado enquanto lê isso), mas o conceito é basicamente o mesmo.
Imagem a partir de Wellcome Biblioteca através Cold Spring Harbor Laboratory
Como passava muito tempo estudando, Darwin logo somou 2 + 2 e meteu algumas rodas nos pés de sua cadeira para poder trabalhar mais rápido. Era basicamente uma poltrona sobre rodas, mas também era o fruto da atual cadeira de escritório, que, aliás, entrou nas casas do mundo todo muito antes de as ideias de Darwin se tornaram amplamente aceitas.
A cadeira de escritório realmente entrou em produção em massa muito antes que as ideias de Darwin fossem amplamente aceitas. Mas temos de agradecer a industrialização para o seu advento. Com a ascensão do trabalhador de escritório na segunda metade do século 19, cadeiras de escritório foram adotadas para facilitar a sentar-se confortavelmente por longos períodos de tempo. Eles já evoluiu para as maravilhas que ainda estão salvando nossas bundas hoje.
Fonte: Gizmodo, Dnalc

Um comentário:

  1. Eu agradeço muito a este gênio por tantas descobertas fenomenais e por eu ter sentado muitos anos em cadeiras confortáveis onde trabalhei. Eu passeava no meu espaço, sem me levantar.

    ResponderExcluir