Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Virus RNA


Os vírus com genoma de tipo RNA (abreviadamente, vírus RNA) constituem o grupo mais abundante de parasitas subcelulares, e encontram-se distribuídos por várias famílias virais, de acordo com as suas características estruturais, epidemiológicas e de hospedeiro.

Eles infectam animais, plantas e bactérias e são os agentes causais de várias patologias graves, tais como a AIDS (síndroma de imunodeficiência adquirida), a Hepatite devida ao VHC (vírus da hepatite C), as febres hemorrágicas, ou a gripe. Muitas das doênças virais emergentes são igualmente devidas à infecção por vírus RNA, das quais os casos mais notórios e recentes são a síndrome respiratória aguda (SRA), a gripe das aves ou as encefalites devidas ao vírus West Nile.
Os vírus RNA têm sido divididos em quatro grandes grupos:
A) Os vírus com cadeia simples de RNA de polaridade positiva - ssRNA(+) ou seja, aqueles cuja molécula de RNA genômico é traduzida diretamente em proteínas.
B) Os vírus com cadeia simples de RNA de polaridade negativa - ssRNA(-) cujo genoma é complementar do mRNA, necessitando por isso de ser previamente transcrito por RNA-polimerases de origem viral.
C) Os vírus com cadeia simples de RNA que é retrotranscrita com a formação de uma molécula de DNA de dupla cadeia intermédia.
D) Os vírus com cadeia dupla de RNA (dsRNA).

Para além destes quatro grandes grupos há ainda a distinguir, relativamente à estrutura do seu genoma, os vírus RNA que possuem a sua informação genética contida numa única cadeia de RNA, daqueles que a possuem distribuída por vários segmentos (genoma segmentado).
Em qualquer dos casos, a replicação dos vírus RNA é catalisada por polimerases RNA-dependentes, aparentemente desprovidas da função de correcção de erros, o que faz com que a cópia dos respectivos genomas seja um processo intrinsecamente sujeito a erros de leitura, com uma taxa de erro elevada.
Este fato cria condições para a existência de uma elevada taxa de divergência nos vírus RNA que, apesar do inerente risco de surgirem mutantes desajustados ao hospedeiro, lhes conferiu uma capacidade única de adaptação e de evolução. Não é portanto de estranhar que 75% das doenças de origem viral que afetam a espécie humana sejam provocadas por vírus RNA .
Fonte - O Mundo do RNA. Lidel

Nenhum comentário:

Postar um comentário