Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

sábado, 16 de fevereiro de 2013

ARMADILHA CASEIRA PARA CAPTURAR E MATAR MOSQUITOS DA DENGUE



Prevenir a dengue deve ser uma obrigação de cada cidadão. Não deixar pneus, embalagens e recipientes acumulando água é a maneira mais importante para evitar a proliferação de mosquitos, inclusive dos Aedes aegypti.
Com uma simples garrafa pet de um e meio a dois litros, é possível fazer uma armadilha que retira do ambiente as futuras gerações de mosquitos.  Construir uma armadilha genérica é muito simples. O segredo é a motivação para executar as etapas apresentadas a seguir. Depois de pronta, ela vai atrair as fêmeas de mosquitos para depositarem seus ovos naquela maternidade. Os ovos ficam fixados na borda interna da tampa da armadilha, pouco acima da lâmina d’água.
A Armadilha pronta
Como a água evapora muito rápido na armadilha, as fêmeas depositam os ovos cada vez mais abaixo e quando você completar o nível da água, os ovos serão encharcados. As larvas de Aedes aegypti que eclodirem desses ovos ficarão presas dentro da armadilha e assim permanecem durante todas as suas formas de vida: larva, pupa e adulto alado.
 1. Materiais: uma garrafa pet de 1,5 a dois litros; uma tesoura; uma lixa de madeira nº 180; um rolo de fita isolante preta; um pedaço (5 x 5 cm) de tecido chamado micro tule,; quatro grãos de alpiste ou uma pelota de ração felina;   
2. Tire a tampa da garrafa e, com um jeitinho especial, remova o anel do lacre da tampa, sem danificá-lo. Reserve este lacre; ele será usado como componente da sua armadilha;
3. A próxima etapa é cortar a garrafa em duas partes.  Antes de iniciar o corte, amasse a garrafa até obter uma dobra.  Com o plástico dobrado fica mais fácil cortá-lo. Agora, esse corte como furo para posicionar a tesoura e cortar o restante da garrafa; Uma das partes vai servir de copo e a outra, como um funil, será a tampa; 4. Agora você vai lixar toda a superfície da tampa, que corresponde à face interna da boca do funil, até torná-la completamente áspera e fosca (lixe sempre no sentido único, da boca do gargalo, para o funil, no fundo). Essa peça constituirá a tampa da armadilha;   
5. Corte o micro tule (5cm X 5cm) e cubra a boca da garrafa. Use o anel do lacre que você guardou como presilha. Esta fase exige o jeitinho especial, pois é necessário forçar a presilha para alcançar, pelo menos, a segunda volta da rosca.  
6. Para estabelecer a altura ideal do nível da água na armadilha é preciso encaixar a tampa, com o bico para baixo, dentro do copo.  Identifique, de cima para baixo, o intervalo de altura que vai da boca do copo até o fundo fosco da tampa.  
O ponto médio desse intervalo deve ser considerado como a altura do nível da água na sua armadilha. Marque esse nível com um pedaço de fita isolante, bem fino, como se fosse uma linha, colada pelo lado de fora do copo Essa marca também delimitará o espaço de ar que ficará acima da água, entre as duas peças da armadilha. 
7. Chegou a hora de começar a montagem da armadilha: acrescente água no copo, de forma que fique  uma camada aérea de 3 a 4 cm (da boca do copo para baixo)l; coloque o alimento (quatro sementes de alpiste ou uma pelota de ração felina triturados dentro d'água; posicionar a tampa, de maneira simétrica, com o bico para baixo e então vede as duas partes da armadilha, usando fita isolante. Use a fita isolante para fixar as duas peças da armadilha e, ao mesmo tempo, vedar o espaço entre a borda do copo e a face externa da tampa. 
 Pronto! Complete com água até o nível marcado com a tirinha de fita isolante.
8. Coloque a armadilha em local fresco e sombreado. Após uma semana, verifique a altura da coluna de água. Se estiver abaixo do nível, complete-a. Com o nível da água mais alto, os ovos que foram depositados na superfície áspera da tampa ficarão dentro d'água e, em poucos dias, será possível visualizar larvas de mosquitos nadando na parte inferior da armadilha.
De agora em diante, observe-a todos os dias, acrescentando água à medida que esta for evaporando. As larvas se alimentarão dos micróbios presentes na água, que são alimentados pelos grãos ou sementes adicionadas.
Os ovos eclodem, no estágio 1, e crescerão passando pelos estágios 2, 3 e 4, até se transformarem em pupas. Estas, por metamorfose, se transformarão na forma alada de mosquito (no caso da armadilha, os mosquitos que chegarem a esta fase, morrerão afogados dentro da armadilha)

2 comentários:

  1. Adorei a foto, lindaaaa cachoeira da cidade de TOMBOS, minha terra querida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu morava em Porciúncula, eu tirei esta foto e mandei para a BBC e foi publicada. Agora moro em Campos.

      Excluir