Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

A LIBÉLULA E O SEU CICLO DE VIDA IMPRESSIONANTE

Os cientistas estão usando câmeras de alta velocidade para ajudá-los a estudar como libélulas conseguem fazer complicadas proezas aéreas que incluem a caça e acasalamento em pleno ar. Elas podem voar para cima, para baixo, como helicópteros e desaparecem numa fração de segundo.
Uma libélula vive até quatro anos, porém o tempo de vida adulto é muito curto. Existem três fases do ciclo de vida libélula, o ovo, a ninfa e o adulto. A maior parte do ciclo de vida de uma libélula é vivida no estágio de ninfa e raramente podemos acompanhá-lo, a menos que você esteja nadando debaixo d’água em um lago ou lagoa, com os olhos abertos, é claro!
Macho e a fêmea de libélula
O macho e a fêmea de libélula copulam enquanto estão voando. Uma vez fecundada a fêmea deposita seus ovos em uma planta na água, caso não exista uma planta por ali, ela simplesmente deixa os ovos caírem na água. Tenho certeza que a maioria das pessoas já viram uma libélula encostando a “bundinha” na água. Pois, neste momento ela está depositando seus ovos.

Quando os ovos eclodem libélula, o ciclo de vida da larva começa como uma ninfa (uma libélula adolescente, feia). A ninfa se parece com uma pequena criatura alienígena (veja a foto). Elas não tem asas e vivem na água durante muito tempo passando por vários estágios de desenvolimento. Este estágio de vida pode durar até quatro anos para ser concluída. Até lá, as ninfas devoram tudo que é animalzinho que verem pela frente: larvas de peixe, girinos, larvas de mosquitos e por aí vai…

Assim que a ninfa está totalmente desenvolvida, chega o momento de sair da água para a metamorfose. Para isto, ela rasteja e escala o caule de uma planta ali perto da água. A ninfa adere sua pele no caule por onde fica até que o adulto resolva emergir. Neste tempo ela se mantém muito quieta, não come e não se mexe.

O jovem resolve deixar aquele corpo de alienígena, ele “quebra” a casquinha e vai deixando o corpo antigo para trás. É um momento fabuloso. A pele que a ninfa deixa para trás é chamado de exúvia e não é muito difícil encontrar essa casquinha ainda preso ao caule, perto de um local de água doce.
Libélula
Quando a libélula deixa a exúvia, ela ainda se mantem ali esperando que o contato com o ambiente se ocupe em secar suas asas. Logo que estão prontas, ela já sai a procura de alimento e de um companheiro. Uma vez que a libélula encontra um companheiro o ciclo recomeça. Os adultos vivem somente cerca de dois meses.
As libélulas são chamadas também de dragonfly, que quer dizer "Mosca Dragão".

4 comentários:

  1. Libélulas são realmente animais incríveis, sua metamorfose como sua vida tem fases tão diferentes :D AMAZING Adoreii

    ResponderExcluir
  2. Estou estudando o cícone de vida delas .E muito interessante .

    ResponderExcluir
  3. Acabei de encontrar uma na minha caixa de agua para reuso, esta como ninfa conforme li acima, coloquei ela num frasco, mas quando li o artigo coloquei ela la de volta, pois la ela vai seguir seu ciclo e nos ajudar tambem se aparecer larvas de mosquitos.
    Adorei conhecer um pouco mais sobre a libelula, nao sabia que era imagina uma pessoa leiga procurando insetos que vive na agua, anfibios, rrsrrs e encontrei aqui as minhas respostas,obrigado parabens.

    ResponderExcluir