Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

CONATEDU

CONATEDU
CONATEdu 3.0 - Congresso Nacional de Tecnologias na Educação

sexta-feira, 7 de junho de 2013

VOCÊ SABE O QUE SÃO “MOSCAS VOLANTES”?


“eye floaters”, algo como “objetos que flutuam nos olhos”

Olhe para o céu claro ou para uma folha de papel branca e você provavelmente vai enxergar pequenas manchas como as da foto acima. Esse curioso fenômeno é causado por partículas chamadas “moscas volantes” (o termo em inglês é “eye floaters”, algo como “objetos que flutuam nos olhos”).
Dentro dos nossos olhos, entre a parte externa (lente) e a retina (o tecido nervoso que decifra a luz e fica no fundo do olho), há um líquido chamado humor vítreo, composto 99% por água e 1% por outros elementos (como ácidos e colágeno). Com o passar dos anos, fibras de colágeno se acumulam ou se juntam com partículas de ácidos, formando pequenos corpos que, ao passar em frente à retina, projetam uma sombra sobre ela, fazendo com que você veja manchas.
Existem outras causas para as moscas volantes, mas essa é a mais comum. Em grande parte dos casos, elas não são motivo de preocupação e nem demandam qualquer tipo de intervenção médica ou cirúrgica. Contudo, se você de repente começar a enxergar muitas dessas manchas, procure um oftalmologista o quanto antes, pois pode ser uma indicação de descolamento de retina – algo que, se não for resolvido urgentemente, pode levar a cegueira permanente.
É mais comum enxergar as manchas em dias de sol ou quando olhamos para uma superfície iluminada porque, nessas situações, a pupila diminui bastante sua abertura (para que entre menos luz) e, com isso, a retina acaba focalizando melhor as sombras.
Em casos graves, o médico pode recomendar uma cirurgia em que o humor vítreo é substituído por uma solução salina – mas isso só é feito como último recurso, pois os riscos de complicações (catarata, descolamento de retina) são muito grandes.
Se as sombras incomodarem, a melhor solução é mover os olhos para cima e para baixo, para tirar as partículas da área próxima da retina.[Today I Found Out, WebMD]

Nenhum comentário:

Postar um comentário