Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Ostras estão desaparecendo rapidamente, diz estudo

Pelo menos 85% das ostras já sumiram do mapa por causa da exploração e destruição do habitat

Uma pesquisa recente sobre o estado da população mundial de ostras mostrou que os animais estão desaparecendo com rapidez. Cerca de 85% dos recifes de ostras sumiram por causa de doenças e exploração humano, estimam os pesquisadores. Mas o desaparecimento pode ser maior ainda porque muitas regiões estudadas não tinham dados do passado.
Editora Globo
Ostras estão desaparecendo

O derramamento de óleo no Golfo do México afetou o abastecimento de ostras nos Estados Unidos (19/05/2010). Crédito: John Moore/Getty Images
O estudo da ONG Nature Conservancy e Universidade da Califórnia, publicado na revista BioSciences, analisou 40 regiões, com 144 baías. Os pesquisadores concluíram que 75% das ostras que ainda vivem estão localizadas em recifes de cinco regiões da América do Norte. O estudo não incluiu recifes de ostra na costa da África do Sul, China, Japão e Coreias do Norte e Sul.
Morte de ostra causada por herpes pode ter ligação com aquecimento

Os pesquisadores constataram que a maioria dos recifes de ostras que sobraram estão com menos de 10 % de sua população inicial. O declínio das ostras começa com a destruição de seu habitat, principalmente pela pesca de arrastão e a dragagem de materiais do fundo do mar. Os animais que conseguem sobreviver ficam mais vulneráveis às mudanças ambientais.
Outro fator responsável pelo desaparecimento das ostras selvagens é a introdução de ostras não nativas em seu ambiente, que provoca a disseminação de doenças. Segundo os pesquisadores, as ostras selvagens estão praticamente extintas. Para remediar o problema, os cientistas sugerem que os recifes com menos de 10% de sua população original sejam fechados para exploração até que as ostras se recuperem. Os animais, além de filtrarem a água do mar, são fonte de alimento e renda de várias populações. 

Fonte: Revista Galileu


2 comentários:

  1. Absolutamente tudo o que o homem descobre e inventa de tirar proveito, decreta a morte sumária daquilo que lhe foi valioso. Imagino que certamente haverá um dia que a vida humana será totalmente extinta pelas próprias ações inconsequentes e irracionais, sem choro e sem vela.

    ResponderExcluir
  2. As ostras, como outros micro organismos, são na verdade o filtro da poluição ambiental nos mares, acabando esta e outras espécies o nivel de poluição tende a aumentar. O ser humano tem este conhecimento, mais nada faz para mudar o rumo da história.

    ResponderExcluir