Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

RIO PARAÍBA DO SUL, TEM O NÍVEL MAIS BAIXO EM 30 ANOS

Rio Paraíba do Sul atingiu ontem a cota de 5,05 metros, a mais baixa dos últimos 40 anos, segundo o subsecretário municipal de Defesa Civil, major Edison Pessanha.
Em Campos dos Goytacazes, população e pescadores enfrentam problemas com a estiagem e o baixo nível do Rio Paraíba. Com o objetivo de tentar encontrar saídas para a falta de pescado, os pescadores e presidentes de várias associações participaram de uma reunião na manhã desta segunda-feira (29). Rio Paraíba do Sul está com nível mais baixo dos últimos 30 anos.
O problema da falta de peixe já acontece há três anos e segundo o Presidente da Associação do Parque Prazeres, Valdenir Alves, a causa pode ser as comportas do Rio Paraíba. O número de pescadores da Lagoa de Cima diminuiu, antes 70 famílias dependiam da pesca, atualmente são apenas cinco.
A pesca vai estar proibida do dia primeiro de novembro ao dia 28 de fevereiro de 2013, no período da Piracema. Segundo os pescadores, as 10 comportas do Rio Paraíba do Sul não estão sendo abertas nesta época e isso tem dificultado a reprodução dos peixes. Em Campos, pelos menos seis mil pescadores passam por problemas.
De acordo com o superintendente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Rene Justem, o órgão opera as comportas de acordo com as decisões tomadas na Câmara Técnica de Recursos Hídricos e Equipamentos Hidráulicos do Comitê da Bacia do Paraíba do Sul.
Ainda segundo o superintendente, a Câmara está aberta para a presença e a participação dos pescadores, para ouvir suas necessidades e atendê-los No entanto, de acordo com o Inea, não houve nenhuma manifestação por parte deles, a reclamação das famílias não chegou ao entendimento do Instituto.
O presidente da Associação das Lagoas, Amaro Ferreira Matias, disse que apresentou um requerimento para o Inea, no dia 21 de setembro, mas até agora não teve resposta. 
Rio Paraíba - Centro de Campos dos Goytacazes (Foto folha da Manhã)
 CONCESSIONÁRIA VAI ALTERAR ABASTECIMENTO
Em função da estiagem e do nível baixo do Rio Paraíba do Sul, a concessionária Águas do Paraíba informou que, de maneira preventiva, está alterando o sistema de abastecimento de água fornecida pela Estação de Tratamento da Coroa (ETA 1). Desde ontem, segundo a empresa, houve redução em cerca de 30% no volume de distribuição de água potável da ETA-Coroa.
A alteração não atinge as áreas distritais e o interior do município, que têm sistema independente de captação, tratamento e distribuição.
A redução da produção da ETA-Coroa influencia o abastecimento em Guarus e na margem direita do Paraíba do Sul, que são os bairros localizados entre o parque Nova Brasília e o Jóquei Clube. A empresa está disponibilizando atendimento para abastecimento alternativo através do Ligue-Água (115) e recomenda que não haja desperdício de água, principalmente nesse período.
Segundo o subsecretário municipal de Defesa Civil, Edison Pessanha, a cota do Paraíba registrou ontem uma pequena elevação, subindo de 5.05 metros — nível registrado na última terça-feira — para 5.26 metros.  “Choveu um pouco nas cabeceiras”, disse ele, destacando que a chuva que cai na cidade não altera o nível do rio, pois a mesma deságua nos canais.


Economize Água

Não varra calçadas com água e não lave carros com mangueira;
Feche a torneira ao se ensaboar durante o banho, ao escovar os dentes e ao fazer a barba;
Reutilize a água da máquina de lavar roupa para limpeza de piso;
Corrija vazamento.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário