Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

sexta-feira, 1 de julho de 2011

A FOME NO MUNDO ATUAL


Caracterizamos a Fome como a escassez de alimentos que, em geral, afeta uma ampla extensão de um território e um grave número de pessoas, ou a necessidade biológica e psicológica de comer. Milhões de pessoas sofrem o desconforto desse impulso, formando assim o grande exército de famintos e miseráveis do mundo. Aparentemente, a fome não existe por carência na produção de alimentos e sim pela má distribuição de riquezas, principalmente nos países pouco desenvolvidos, em que o capital é concentrado nas mãos da minoria e em detrimento e outras pessoas. Todos esses fatos comprovam que o verdadeiro objetivo das empresas não é o de acabar com a fome e sim o de obter cada vez mais lucros, usando como ''slogan'' a falta de alimentos e as pessoas são facilmente corrompidas pelas falsas idéias que as campanhas passam.
O Mundo e a África - matar a tiro ou de fome não tem diferença nenhuma
 A fome e a miséria no mundo
  • ·         Cerca de 100 milhões de pessoas estão sem teto;
  • ·         1 bilhão de analfabetos;
  • ·         1,1 bilhão de pessoas vivem na pobreza, destas, 630 milhões são extremamente pobres, com renda per capita anual bem menor que 275 dólares;
  • ·         1,5 bilhão de pessoas sem água potável;
  • ·         1 bilhão de pessoas passando fome;
  • ·         150 milhões de crianças subnutridas com menos de 5 anos (uma para cada três no mundo);
  • ·         12,9 milhões de crianças morrem a cada ano antes dos seus 5 anos de vida;
  • ·         No Brasil, os 10% mais ricos detêm quase toda a renda nacional.

Nota do Blog: É notável e irônico o fato de que, no mundo, é usado mais dinheiro em campanhas contra a obesidade, do que contra a epidemia ''FOME'' que se alastra pelo mundo.

8 comentários:

  1. E o mundo selvagem dos capitalistas concentradores de riquezas não se comovem mesmo, ainda que saibam que irão putrefar irremediavelmente. Que mundo cruel!!!

    ResponderExcluir
  2. É a grande verdade do mundo, quando um país rico impõem barreiras comerciais para os menos desenvolvidos, na verdade estão matando a população destes paises embarreirados. Então matar por matar não interessa qual é amaneira, de tiro ou de fome é tudo igual. Não podemos virar as costas para a áfrica e no nosso próprio país, como o vale do jequitinhonha onde a miséria se estabeleceu.

    ResponderExcluir
  3. Sempre soube que o Brasil poderia se tornar um celeiro do mundo, pelo tamanho do território, pelo clima e vegetação diversiificados, pelas
    hidrovias, mas a política não é mesmo de se resolver o problema da fome, e sim mantê-la, enfim o bolo está fatiado em poucas mãos e assim
    temos de conviver com essa política selvagem e suja.

    Maria Kovacs

    ResponderExcluir
  4. Maria Kovacs, o mundo deveria se envergonhar em ver as condições dos africanos, naquela miséria absoluta.

    ResponderExcluir
  5. o mundo precisa mudar até nós podemos passar fome

    ResponderExcluir
  6. Os governantes e a sociedade em geral, precisam se mobilizar sobre este assunto gravíssimo que é a "Fome". Nós brasileiros damos importância a novelas, futebol, BBB e outras porcarias que as teles, nos empuram goela abaixo, mascarando a boa cultura, encobrindo as safadezas de políticos corruptos. Devríamos e ser solidário com as pessoas que passam fome e perda de identidade, de cidadania, sobrevivendo em estado de degradação.

    ResponderExcluir
  7. Toda essa gente mal pra car*%$# e a presidente gastando na copa.

    ResponderExcluir
  8. Desde que foi publicado esta matéria, a um ano atrás, a fome já tomou outras proporções, pois a população mundial cresce em ordem geométrica e a produção de alimentos praticamente em ordem aritmética. ou seja não há comida para abastecer a população mundial igualitáriamente.

    ResponderExcluir