Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

sexta-feira, 11 de março de 2011

COMO SE FORMA O ORVALHO

O orvalho, sereno ou rocio é um fenômeno físico no qual a umidade do ar precipita por condensação na forma de gotas pela diminuição brusca da temperatura ou em contato com superfícies frias. É o processo contrario da evaporação.
É um fenômeno vinculado a capacidade do ar para incorporar e reter vapor de água. Para uma dada temperatura há um conteudo máximo de vapor que pode ser incorporado ao ambiente. Esta capacidade máxima cresce a medida que a temperatura do ar aumenta. Assim, ao nível do mar, um ambiente a 30°C pode conter um máximo de 27 g de vapor/kg de ar seco. No mesmo ambiente, a 0 °C, só pode incorporar um máximo de 4 g de vapor/kg de ar seco. Desta maneira, com uma queda de temperatura no ambiente, ocorre uma condensação do excesso de vapor de água. Uma das formas de produção do sereno tem a ver com o esfriamento noturno do solo e da camada de ar adjacente devido a perda de energia por emissão de radiação infravermelha. A formação do sereno é muito comum nas noites de tempo tranquilo e calmo, quando a temperatura baixa do solo afeta o ar, fazendo o vapor atingir o ponto de saturação.

Depósito de gotas d'água resultantes de condensação de vapor na superfície de objetos que permanecem ao ar livre durante a noite, o orvalho forma-se nas noites claras porque nelas as superfícies descobertas irradiam calor para a atmosfera. A menos que essa perda seja compensada por uma produção eficiente de calor no interior da superfície, esta se resfriará. A maior parte dos objetos - inclusive folhas de capim e pétalas de flores - irradiam calor melhor que o ar e ficam durante a noite mais frios que este. As superfícies frias esfriam o ar à sua volta; se suficientemente úmida, a temperatura fica abaixo de seu ponto de orvalho. O vapor então passará, por condensação, do ar para a superfície.

A formação de orvalho é mantida pela difusão de vapor d'água, podendo ser classificado em: formado quando o vapor d'água se difunde no ar em direção ao solo e formado pelo vapor d'água que se difunde da superfície do solo.

fonte:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Orvalho

2 comentários:

  1. Sim!!! É maravilhoso todo o processo!!!

    ResponderExcluir
  2. Este é um processo tão maravilhoso, que as pessoas não param para admirar a beleza que é a natureza que nos rodeia. Acham melhor ficar olhando prédios monstruosos que enfeiam e destroem a paisagem. Fico imaginando as crianças das metrópolis qdo virem uma vaca de verdade.

    ResponderExcluir