Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

quarta-feira, 25 de maio de 2011

BIOCONSTRUÇÃO


Bioconstrução é o termo utilizado para se referir a construções ecologicamente corretas, que priorizam a utilização de materiais reciclados e resíduos, assim como o máximo aproveitamento dos recursos disponíveis no entorno, com o mínimo de impacto ambiental, que visa a melhor eficiência energética, o melhor aproveitamento dos recursos naturais e um menor descarte de resíduos.
O trato e o reaproveitamento de dejetos, a coleta de águas pluviais, o uso de fontes de energia renováveis e não poluentes, o aproveitamento máximo da iluminação natural, em detrimento da artificial, são exemplos de preocupações na bioconstrução.
Bioconstrução
Bioconstrução está ligado a Iluminação natural, temperatura agradável e integração com a natureza. Assim é uma moradia construída segundo os princípios da bioconstrução ou bioarquitetura. Trata-se de um novo modelo, que vem ganhando cada vez mais adeptos entre os profissionais de construção e entre aqueles que procuram um jeito mais simples e ao mesmo tempo - mais sofisticado de viver. Pois viver em um ambiente saudável, sem agredir o meio ambiente, é um luxo.
Nesse novo modelo construtivo que começa a ganhar o mundo, são incorporadas novas tecnologias, e resgatados antigos sistemas e materiais. Paredes de palha (de arroz, trigo e cevada), associada a materiais construtivos tradicionais como adobe (terra crua); pedras, mistura de terra com esterco e palha, tijolos prensados, bambu.
A ideia é fazer como os animais, que usam a matéria-prima da região para a construção dos seus abrigos, o pássaro João-de-barro que o diga. O uso de materiais locais contribui  e muito  para a preservação ambiental, pois, só para começar, elimina custos e gastos de energia com o transporte. Esta é uma sabedoria milenar, que não deve se perder com o tempo. De acordo com a UNESCO, um terço das construções do planeta é feito com terra.
Uso de bambú e a integração com o meio ambiente
No Oriente Médio, por exemplo, se as casas não forem construídas de terra, seus moradores enfrentarão grandes problemas de variação térmica: muito quente de dia, muito frio à noite. No interior das casas de barro, a temperatura quase não varia. Aliás, esta é uma grande preocupação da bioconstrução. Os projetos das moradias levam em consideração o isolamento térmico e acústico e o emprego de sistemas alternativos de refrigeração e calefação. Quanto menos se usa ar-condicionado ou aquecedores elétricos, melhor para o meio ambiente e para a saúde do morador.
Telhado Verde e cisterna de captação da água da chuva.


Nenhum comentário:

Postar um comentário