Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

sábado, 7 de abril de 2012

AVALANCHE SOTERRA SOLDADOS PAQUISTANESES

O incidente aconteceu na região de Siachen, na cordilheira de Karakorum, na Caxemira
Uma avalanche que atingiu um campo militar paquistanês neste sábado, em uma área remota do Himalaia, matou mais de 135 pessoas, incluindo 124 soldados, informou o Exército.
"Mais de 135 pessoas, incluindo 124 soldados do exército e 11 civis, foram mortas por uma avalanche nesta manhã", afirmou um comunicado do exército, atualizando o número de 100 mortos.
O incidente aconteceu na região de Siachen, na cordilheira de Karakorum, na Caxemira, uma área disputada por Índia e Paquistão.
O general Athar Abbas, porta-voz do Exército paquistanês, informou à AFP que os trabalhos de resgate prosseguirão nas próximas horas.
Os militares pertenciam à NLI (Northern Light Infantry, Infantaria Leve do Norte).
"A missão de resgate prossegue e as equipes de emergência estão tentando retirar os soldados", completou.
A geleira tem 6.300 metros de altura e foi ocupada pelas tropas indianas e paquistanesas em 1984.
De acordo com fontes militares, a Índia mantém 5.000 oficiais na geleira e o Paquistão menos da metade. As duras condições meteorológicas - com temperaturas que chegam a 70 graus negativos - e a grande altitude do local provocam mais mortes que os combates pelo controle de Siachen.
A Caxemira está dividida entre a Índia e o Paquistão, mas os dois países reclamam a totalidade de sua superfície.
As duas nações iniciaram um processo de paz em 2004 e os combates praticamente terminaram na área, mas Siachen permanece como um ponto de divergência nas negociações.
Um comunicado militar paquistanês informa que a avalanche aconteceu na madrugada deste sábado e, provavelmente, surpreendeu os soldados quando estavam dormindo.
"Pelo menos 100 pessoas do Exército ficaram presas por uma avalanche de neve esta madrugada no setor de Gayari, perto de Skardu", afirma o comunicado.
"As equipes de resgate estão trabalhando. Mobilizamos cães, helicópteros e tropas", completa a nota.
A televisão pública paquistanesa informou que as equipes de resgate enfrentavam dificuldades para transportar os equipamentos pesados à região.
Fonte: AFP/Paris

2 comentários:

  1. Esta é uma situação que não dá para entender. Por que ainda permaneciam naquele local?

    ResponderExcluir
  2. Existia um quartel embaixo da montanha

    ResponderExcluir