Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

segunda-feira, 2 de abril de 2012

TRÊS TREMORES DE TERRA SÃO REGISTRADOS EM MONTES CLAROS

Abalos aconteceram na madrugada desta segunda-feira (2).
Corpo de Bombeiros recebeu 300 chamados.
O Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) informou, na manhã desta segunda-feira (2,) que houve três tremores de terra em Montes Claros, na Região Norte de Minas Gerais. De acordo com o pesquisador Lucas Barros, chefe do observatório, a magnitude dos abalos foi estimada em 3,0 na Escala Richter, o que é considerado de baixa intensidade. Barroso confirmou os incidentes baseando-se no histórico de tremores na cidade e nos relatos dos moradores. 
O Corpo de Bombeiros informou que recebeu cerca de 300 chamadas em função dos abalos, mas que não houve nenhum dano e ninguém ficou ferido. Os tremores foram sentidos às 1h50, 2h20 e 4h20.
Ainda de acordo com o pesquisador da UnB, cerca de dez tremores aconteceram em Montes Claros nos últimos dois anos. Ele explicou que a cidade deve estar localizada perto de uma falha geológica ativa, que gera tremores quando se movimenta. Para Barroso, a compreensão do fenômeno depende de estudos permanentes e da criação de uma estação local.
Tremores constantes
O município sofre com tremores frequentes que assustam moradores. O último aconteceu em outubro do ano passado. O sismo de 2,6 graus na escala Richter foi registrado durante a manhã. Foi o terceiro abalo na cidade em 2011 e o quinto num período de 13 meses.
No dia 9 de dezembro de 2007, uma menina de 5 anos morreu em Caraíbas, distrito de Itacarambi, cidade perto de Montes Claros, quando um terremoto de 4,9 graus na escala Richter atingiu a região. O tremor, medido pelo Observatório Sismológico da Universidade de Brasília, foi o primeiro a causar uma morte no Brasil. A menina dormia em casa com a família quando a estrutura caiu e a esmagou.
O abalo ocorreu de madrugada. Outras duas pessoas sofreram traumatismo craniano e quatro internadas com ferimentos leves. Várias casas ficaram completamente destruídas no distrito. Nos dias seguintes ao terremoto de maior magnitude, o local continuou sentindo abalos menores. Além de Caraíbas, o tremor foi sentido também de forma mais leve em Itacarambi, Manga e Januária, todas no Norte de Minas.
Depois de todas essas ocorrências o governo de Minas, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), reativou em, 2011, o sismômetro que monitora a comunidade de Caraíbas.


Exibir mapa ampliado

Nenhum comentário:

Postar um comentário