Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

quarta-feira, 16 de maio de 2012

SANGUE DA GESTANTE PERMITE SABER SEXO DO BEBÊ NA QUARTA SEMANA DA GRAVIDEZ

Análise baseia-se na identificação de um fragmento do cromossoma Y
Até agora, a ecografia no quinto mês de gravidez era o meio mais eficaz para se saber o sexo do bebê. Um sistema agora desenvolvido pela empresa espanhola Mygen (associada ao Parque Científico de Madrid), permite ter essa informação muito mais cedo, na quarta semana de gestação.
A análise baseia-se na identificação de um fragmento do cromossoma Y no sangue da mãe. 
Ultrassonografia é o meio atualmente utilizado para saber sexo do bebê
 Como Funciona
Como este cromossoma só se encontram nos homens, se aparecer na análise, significa que o bebê será do sexo masculino. Se o cromossoma não aparecer há 99 por cento de hipótese de ser do sexo feminino.
O método baseia-se no fato de durante a gravidez haver uma transferência de sangue do embrião para a mãe. Ambos misturam-se e circulam pelo corpo da progenitora. É a mesma base de outros métodos, como o que foi desenvolvido para detectar anomalias genéticas. Se aparecem no sangue da mãe e esta não as tinha antes da gravidez, é porque pertencem à futura criança.
No caso do sexo da criança é mais fácil, pois não é necessário analisar gene a gene, pois o fragmento que se procura é maior. Neste momento, o teste está só disponível em alguns hospitais espanhóis. Até ao fim do ano poderá ser comercializado nas farmácias, por 100 euros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário