Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

sexta-feira, 10 de junho de 2011

HÁBITOS ALIMENTARES - ORIGEM E DESENVOLVIMENTO


Origem dos alimentos
A alimentação é uma característica típica dos seres vivos. É também uma forma de troca de energia entre os mesmos, através de uma teia alimentar. Os principais produtores de energia são os chamados produtores, em maioria plantas e vegetais, mas qualquer ser clorofilado tem essa capacidade de extrair energia da luz para armazenar em açúcar. Logo, as variações desse açúcar constituem a principal fonte de alimentação. Para seres humanos, isso termina se dividindo entre ingerir animais e vegetais.
Contudo, existem também a água, principal componente de vida, e os sais minerais, encontrados principalmente na água mineral (forma potável da água pura) que auxiliam o processo de alimentação. Funcionam e agem de diferentes formas, por exemplo, como catalisadores, solventes ou como uma "cola biológica". Podem ser considerados, basicamente, "conectores da energia" que constituem cada ser vivo, dando forma inclusive às membranas celulares, que são constituídas em maioria por açúcares. Os sais, encontrados em pouca quantidade na maior parte dos seres vivos, atuam principalmente para manter um equilíbrio osmótico para com o meio ambiente, desde celular até corpóreo.
Desenvolvimento histórico
Os seres humanos são animais onívoros que podem consumir tanto produtos de origem animal como vegetal. Na pré-história, o homem utilizou, tanto plantas ou partes delas, como frutos, raízes para se alimentar, mas também, principalmente com a descoberta do fogo e de instrumentos, como caçador-coletor, utilizando também animais na sua alimentação.
Com a experiência da idade do gelo é provável que os seres humanos quisessem criar algum sentimento de segurança controlando que plantas estavam crescendo e que animais estavam disponíveis. Isto conduziu à agricultura, que tem melhorado continuamente e alterado a maneira como o alimento é obtido.
  Alimentos de origem vegetal
Alimentos são todas as substâncias utilizadas pelos animais como fontes de matéria e energia para poderem realizar as suas funções vitais, incluindo o crescimento, movimento, reprodução, etc. Para o homem, a alimentação inclui ainda várias substâncias que não são necessárias para as funções biológicas, mas que fazem parte da cultura, como as bebidas com álcool, refrigerantes ou outros compostos químicos psicotrópicos, os temperos, vários corantes usados nos alimentos, etc.
Vegetais
 As disciplinas que se relacionam com a alimentação são:
·                     A dietética, um ramo da medicina que estuda quais os alimentos mais apropriados para melhorar a vida das pessoas;
·                     A nutrição, um ramo da biologia e também da medicina que estuda as características dos alimentos e os processos biológicos que eles sofrem ou provocam;
·                     A culinária, que se ocupa da forma como os alimentos são utilizados nas várias culturas humanas.
Alimentos de Origem Animal
Os vegetais são capazes de sintetizar proteínas de fontes inorgânicas de nitrogênio, mas os animais não possuem essa capacidade, razão pela qual necessitam de alimentos ricos em proteínas e aminoácidos.
O organismo animal sintetiza as proteínas utilizadas pelo seu próprio organismo a partir das proteínas ingeridas pela alimentação. A alimentação deve fornecer a quantidade de aminoácidos necessários para essa transformação, pois a falta de qualquer um dos aminoácidos compromete a utilização dos outros e o funcionamento do próprio organismo devido à conseqüente falta de proteínas.
Embora as plantas sintetizem proteínas, essas são geralmente deficientes em um ou mais aminoácidos essenciais, ou seja, não são sintetizados pelo organismo humano, o que leva à necessidade da suplementação da nossa alimentação por outras fontes. Os produtos de origem animal são fontes importantíssimas de proteínas para os seres humanos, não só pela quantidade fornecida por grama de alimento, mas principalmente devido as quantidade de proteínas que contém em sua molécula aminoácidos essenciais.
Refeições
Polenta,Mandioca  e frango fritos: alimentos ricos em lipídios e carboidratos,
exemplo de refeição apreciada pelos humanos.
Uma seleção de alimentos complementares diferentes comidos na mesma ocasião compreende uma refeição. Os povos escolhem frequentemente realizar refeições junto com outros membros da família ou amigos, o que é visto como importantes ocasiões sociais. Os alimentos consumidos em quantidades menores entre as refeições principais são considerados como lanche. Os acepipes e bebidas tomados imediatamente antes duma refeição, para “abrir o apetite”, designam-se aperitivos.
O número das refeições em um dia, seu tamanho, composição, quando e como são preparadas e ingeridas variam extremamente em torno do mundo e dependem do clima local, da ecologia, da economia, tradições culturais e industrialização. As refeições representam também um papel importante na celebração de muitos festivais culturais e religiosos.
Nas sociedades onde a disponibilidade de alimentos se elevou acima dos níveis de subsistência e dos alimentos básicos, as refeições são também oferecidas pré-preparadas para o consumo imediato nos restaurantes e outras instalações similares. Nas sociedades industriais, as refeições contêm freqüentemente uma proporção mais elevada de alimento de origem animal.
Produção ou aquisição de alimentos
Os alimentos são tradicionalmente obtidos através da agricultura, pecuária, pesca, caça, coleta e outros métodos de subsistência localmente importantes para algumas populações, mas menos para outras.
Na era moderna, nas nações desenvolvidas, as fontes de alimento são cada vez mais dependentes da agricultura industrial, da aquicultura, e das instalações industriais de produção de animais, técnicas que apontam para maximizar a quantidade de alimento produzida e, por outro lado, minimizar o custo. Estas técnicas incluem uma confiança nas ferramentas mecanizadas que foram desenvolvidas, da debulhadora e semeadora automáticas, ao trator e ceifadeira combinada. Estes instrumentos foram combinados com o uso de fertilizantes para promover a elevação da colheita e pesticidas para combater os insetos ou mamíferos que reduzem o rendimento.
Mais recentemente, houve uma tendência crescente para as práticas de agricultura sustentável. Esta aproximação, que se baseia numa satisfação parcial da relação entre o consumidor e a demanda, estimula a biodiversidade, a auto-confiança local e os métodos da agricultura orgânica.
A produção de alimentos é influenciada pela política internacional, como a Organização Mundial do Comércio, as políticas nacionais ou comunitárias e as guerras.
Alimentos provenientes de vegetais
·                     Cereais, incluindo cevada, milho, aveia, arroz, centeio, trigo, ou seus derivados, tais como cuscuz, massa, pão, etc.
·                     Açúcar
·                     Frutas e seus derivados, como sumos, vinhos, etc.
·                     Legumes, incluindo feijão, ervilha, lentilha, jicama
·                     Nozes
·                     Especiarias,
·                     Hortaliças,
·                     Cogumelos
·                     Ervas medicinais
·                     Chá
Alimentos provenientes de animais
·                     Leite e seus derivados, incluindo manteiga, queijo, iogurte e outros produtos;
·                     Ovos de aves e também as ovas de peixe e o caviar;
·                     Insetos (em algumas culturas);
·                     Mel;
·                     Carne de mamíferos, como vaca, cabra, cavalo, canguru, carneiro, porco e seus derivados, incluindo sangue, chouriço, lingüiça, e outros;
·                     Carne de aves domésticas e de caça, incluindo galinha, peru, pato, ganso, pombo, avestruz, ema, galinhola, faisão, codorna e muitas outras;
·                     Produtos aquáticos, incluindo peixes, como salmão e tilápia, e mariscos como o camarão e outros crustáceos, amêijoa e outros moluscos;
·                     Caracóis e outros gastrópodes.
Definição legal
Muitos países têm leis que visam assegurar que os alimentos produzidos, comercializados ou consumidos não prejudiquem a saúde dos seus cidadãos.
Alguns Alimentos
Salgados
Coxinha ·  Arroz ·  Macarrão ·  Feijão ·  mandioca ·  Carne ·  batata ·  feijoada 
·  purê ·  beterraba ·  Etc.
Doces
Chocolate ·  Pudim ·  sobremesa ·  gelatina ·  Etc.
Temperos
Pimenta ·  Maionese ·  Manteiga ·  sal ·  açúcar ·  geleia ·  Etc.
Verduras
Couve ·  Alface ·  Espinafre ·  Etc.
Frutas
manga ·  pera ·  morango ·  pêssego ·  caqui ·  uva ·  maçã ·  melancia ·  banana  ·  tomate ·  limão ·  Etc.
Bebidas
Suco ·  Cerveja ·  Vinho ·  Conhaque ·  iogurte ·  Licor ·  Água ·  Refrigerante
 ·  Limonada ·  leite ·  gemada ·  milkshake ·  Soro caseiro ·  laranjada ·  Etc.
Outros alimentos
Bolo ·  uva passa ·  Etc.

2 comentários:

  1. Nossa!!! Acho que nunca paramos para pensar quantas alternativas existem no mundo para aliviar a fome, nutrir o corpo e saber dos prazeres que a alimentação oferece. Acho que fiquei um pouco mais consciente com esta matéria pois voltei a pensar que sou mais uma neste mundão que necessita consumir para ter vida e saúde. Com tanta variedade, sonho que um dia os governantes do planeta sintam a dor da fome e administrem com o coração solidário e levem alimentos aos que agonizam diariamente com a fome. É muito triste!!!

    ResponderExcluir
  2. Lugar de produzir e pessoas para trabalhar é que não faltam. O triste é saber que se gasta mais para combater a obesidade do que com o combate à fome no mundo.

    ResponderExcluir