Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

INCÊNDIOS NA AMÉRICA DO SUL PODERÃO SER PREVENIDOS OBSERVANDO-SE A TEMPERATURA DOS OCEANOS

A temperatura da superfície dos oceanos Pacífico e Atlântico pode ajudar a prever, com uma antecedência de três a cinco meses, a intensidade da temporada de incêndios na América do Sul, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira na "Revista Science".
Os Pesquisadores da Universidade da Califórnia e do Centro Goddard da Nasa asseguram que a descoberta tornará o trabalho das equipes de combate ao fogo mais eficiente.
Os autores do estudo afirmam que os incêndios florestais, antes pouco frequentes na região, transformaram-se nos últimos tempos numa grande ameaça para os seres humanos e a biodiversidade, principalmente no Brasil, Peru e Bolívia.
As observações das temperaturas dos oceanos ajudarão a prever
os incêndios na América do Sul
Segundo James Randerson, professor na Universidade da Califórnia e co-autor do estudo, "acredita-se que durante o século 21 a seca vai se intensificar e as florestas fiquem ainda mais vulneráveis".
Por isso, ele explica que é extremamente importante saber se um ano será marcado pela ocorrência de muitos incêndios. A pesquisa foi feita a partir das comparações de dados de satélite da Nasa com a temperatura da água e a duração dos incêndios florestais nos últimos dez anos na América do Sul.
O princípio é o mesmo dos furacões no Atlântico ou do El Niño, fenômenos que podem ser previstos pela temperatura do oceano. Os pesquisadores constatarem que mesmo alterações leves desencadearam grandes efeitos nas florestas tropicais.
Em 2010, os pesquisadores constaram que a temperatura da água aumentou, assim como a ocorrência dos incêndios. Agora, eles estão elaborando um modelo para a temporada de incêndios de 2012.
Fonte: EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário