Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

terça-feira, 1 de novembro de 2011

NEGOCIAÇÕES CLIMÁTICAS DA ONU NA ÁFRICA DO SUL – A CÚPULA DE DURBAN NO FINAL DESTE MÊS

O presidente sul-africano, Zuma, diminuiu as expectativas nesta segunda-feira a respeito das negociações climáticas das Nações Unidas, que começarão mês que vem em seu país e que podem definir o futuro do Protocolo de Kioto.
"Nós vamos a Durban sem qualquer ilusão de que será um passeio no parque. Ao contrário, estamos completamente conscientes de que, em algumas áreas, o interesse nacional das partes tornará o consenso um desafio", afirmou Zuma, durante encontro da Internacional Socialista em Johannesburgo.
Durban, sede do próximo encontro para discutir e diminuir as emissões de carbono
"Qualquer resultado em Durban tem que ser suficientemente adequado para aderir ao princípio da integridade ambiental. Neste contexto, o baixo nível de ambições é uma preocupação séria", acrescentou.
O Protocolo de Kioto, que estabelece metas de redução de gases de efeito estufa, expira ao final de 2012.
Autoridades referem-se à cúpula de Durban como um encontro do tudo ou nada sobre o futuro do acordo, o único até agora a estabelecer metas legalmente vinculantes para reduzir as emissões de carbono, que os cientistas afirmam ser uma ameaça à saúde do planeta se não forem controladas.
O Presidente da África do Sul, Jacob Zuma, alertou para as dificuldades nas negociações sobre o clima
Zuma afirmou que a cúpula de Durban, entre 28 de novembro e 9 de dezembro, será bem sucedida apenas se solucionar o futuro do Protocolo de Kioto, conseguir um acordo sobre a natureza legal das futuras regulamentações climáticas e "operacionalizar" os acordos alcançados durante a última rodada de negociações, em Cancún.
Fonte: AFP/YAHOO

Nenhum comentário:

Postar um comentário