Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

A PARTIR DOS 45 ANOS AS CAPACIDADES COGNITIVAS COMEÇARIAM A DIMINUIR

As capacidades cognitivas do homem começariam a declinar a partir dos 45 anos, muito antes dos 60 anos como se acredita de maneira geral, segundo um estudo do Instituto Nacional de Saúde e Pesquisa Médica (INSERM) francês e da University College de Londres.
"Nossa capacidade de raciocinar e compreender começa a declinar a partir dos 45 anos de idade", afirma um comunicado do INSERM que acompanha a publicação de um artigo no British Medical Journal (BMJ).
Uma série de testes de memória, vocabulário, raciocínio e expressão oral foram realizados com 5198 homens e 2192 mulheres de 45 a 70 anos, dentro de um estudo mais amplo, denominado "coorte Whitehall II", baseado em 10 anos de acompanhamento médico e em exames individuais.
"Os resultados mostram que o rendimento cognitivo (com exceção dos testes de vocabulário) diminui com a idade e isto cada vez mais rapidamente na medida que as pessoas envelhecem", destaca o INSERM.
Em 10 anos, o rendimento de raciocínio caiu 3,6% para os homens de 45 a 49 anos, e 9,6% para os de 65 a 70 anos.
Resultados mostram que rendimento cognitivo (com exceção dos testes de vocabulário)
 diminui com a idade
No caso das mulheres, a queda é a mesma (-3,6%) para o primeiro grupo etário e menos considerável (-7,4%) para as mulheres de 65 a 70 anos.
Para Archana Singh-Manoux, que coordenou a equipe do INSERM, "é importante determinar a idade de início do declínio cognitivo, já que possivelmente é mais eficaz atuar desde o começo, em particular com medicamentos, ara mudar a trajetória do envelhecimento cognitivo".
Apesar de estar claro que o rendimento cognitivo diminui com a idade, a data de início da queda gera controvérsia. Estudos recentes descartaram que o fenômeno pudesse começar antes dos 60 anos, segundo o INSERM.

2 comentários:

  1. A verdade é que nosso destino é certo. Vamos aproveitar nosso tempo de lucidez e tentar amenizar esta realidade.

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que isto não é regra geral, pois por enquanto minha cognição anda muito bem. Mais que isto vai acontecer eu tenho certeza plena. A morte é inevitável.

    ResponderExcluir