Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

PESQUISA AFIRMA QUE O USO DA MACONHA NÃO DANIFICA CÉREBRO

Como dizia Baby Consuelo: O mal não é o que entra e sim o que saí da "boca"
Uma pesquisa do King’s College, em Londres, publicada pelo “American Journal of Epidemiology”, constatou que pessoas com 50 anos que usaram ou ainda usam drogas não tiveram o cérebro danificado.
Entre as milhares de pessoas avaliadas, aqueles que tinham usado drogas ilícitas, principalmente a maconha, tiveram um desempenho melhor do que os demais nos testes de memória e de outras funções cerebrais.
A relação entre o nível de estudo – melhor entre os usuários de droga, de acordo com os pesquisadores – pode explicar o resultado.
"Nossos resultados não excluem eventuais efeitos nocivos em alguns indivíduos que podem estar expostos a drogas durante longos períodos de tempo", diz o pesquisador-chefe Alex Dregan.
As informações são da Reuters.
Descrição da Planta
Nome: Maconha
Origem do Nome: do Quimbundo* MA’KAÑA, que significa erva santa
Nome Cientifico: Cannabis sativa ( lia-se: kânabis sativa)
Família: Canabáceas
Origem: Àsia Central ou Oriente Próximo
Formas de Uso:Pode ser usada como fumo ou por ingestão
Principio ativo: THC (Tetrahidrocanabiol)
Descrição: Planta arbustiva, possui folhas em forma serrilhada e verdes. Pode atingir ate 2,50 metros de altura.
Status Legal: proibido uso, trafego e comércio.
* Quimbundo: língua do grupo Banto, falada em Angola.

Canabis Sativa

2 comentários:

  1. Olha, acho que a pesquisa nem foi feita, pois pesquisei no google inglês e os únicos sítios em que se encontra a tal notícia são do Brasil hahaha. Parece até que a pesquisa foi na redação do Yahoo! Brasil. E tem mais, no site da revista (American Journal of Epidemiology), os artigos encontrados com o sobrenome DRUGAN são sobre meninas, maternidade, gripes... Nada de maconha. Por fim, só encontrei o tal nome do pesquisador (que parece mais Alexandra J. Drugan) ligado à University of Nottingham/French Studies. Portanto, acho que se trata de um hoax e dos bons, porque pegou até a equipe do Yahoo! Notícias. Isso aconteceu porque ninguém checa fontes e informações ao repassar notícias - que deviam ser diferentes de boatos, fofocas...

    ResponderExcluir
  2. Kelva,
    obrigado por ler as matérias pblicadas aqui no Blog, mais creio que a sua pesquisa no Google, realmente não deu em nada, mais se tivesse pesquisado diretamente na página do AJE - American Journal of Epidemiology você encontraria a matéria, publicado: 21 de dezembro de 2011, mais para te facilitar vou colocar aqui a url para que leia diretamente no "AJE"
    http://aje.oxfordjournals.org/content/early/2011/12/21/aje.kwr315.full
    Eu jamais publicaria alguma coisa sem as devidas comprovações e fontes, em tempo a matéria é da Reuters, fonte bem confiável.
    Nesta Url vc terá acesso ao resumo do artigo: http://aje.oxfordjournals.org/content/early/2011/12/21/aje.kwr315.abstract

    ResponderExcluir