Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

PLATAFORMA ONLINE COMPARTILHA EXPERIÊNCIAS SOBRE HIV/AIDS

«Tal como tu» foi lançada em Dezembro
Plataforma dá apoio e permite compartilhar de informação.
A plataforma ‘online’ «Tal Como Tu» foi lançada este mês de Dezembro para dar a conhecer em pormenor o problema do HIV/Aids, recorrendo às opiniões e conselhos de médicos especialistas e de pessoas portadoras da doença.
Na página, destacam-se os testemunhos em vídeo, três médicas especialistas em HIV/Aids e duas pessoas com HIV dão conselhos e falam das suas vivências relacionadas com o vírus. A plataforma dá ainda “apoio entre parceiros”, respondendo a perguntas práticas sobre o tratamento, assim como esclarece sobre a transmissão de mãe para filho, entre várias outras questões.
De acordo com o portal, a campanha arranca com enfoque nas mulheres, porque o HIV se tornou, mundialmente, a primeira causa de doença e de morte entre as mulheres em idade fértil. A mesma fonte indica que em “Portugal, existem mais de 10 mil casos de mulheres com a infecção, cerca de 30 por cento do total de casos”.
Recorrendo às redes sociais, a plataforma tem como objetivo servir de apoio e partilha de experiências ligadas ao VIH, de forma a melhorar a qualidade de vida e a aproximar médicos e doentes de forma intemporal, sem imposições horárias ou barreiras geográficas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário