Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

OS PRIMEIROS TUBARÕES HÍBRIDOS SÃO DESCOBERTOS NO LITORAL AUSTRALIANO

Cientistas anunciaram nesta terça-feira a descoberta dos primeiros tubarões híbridos do mundo em águas australianas, provável sinal, segundo eles, de que estes peixes se adaptam à mudança climática.
A reprodução cruzada do tubarão-de-ponta-negra australiano, que é encontrado no litoral desse país, com a do tubarão-de-ponta-negra de outros lugares do mundo, tem implicação para o conjunto desses peixes, afirmou o pesquisador Jess Morgan, da Universidade de Queensland.
Os investigadores realizavam pesquisas frente à costa oriental da Austrália, para fazer um levantamento da fauna, quando, mediante testes genéticos, conseguiram comprovar que alguns tubarões pertenciam a uma devida espécie, apesar de ter características físicas de outra espécie.
O tubarão descoberto é resultado do cruzamento do tubarão-de-ponta-negra
australiano com o de ponta-negra comum
O tubarão-de-ponta-negra australiano é menor do que os mais comuns de outros lugares e só pode viver em águas tropicais. Ao contrário, seus descendentes híbridos foram localizados a 2.000 km mais ao sul, em águas muito mais frias.
Ao reproduzir-se com as espécie comum, o tubarão australiano aumenta seu habitat natural, explicou Jess Morgan, um dos cientistas envolvidos. "Isso permite a espécies limitadas às águas tropicais viver em águas mais temperadas", explicou.
Se os espécimes híbridos resultarem mais robustos que seu pais de raça pura, poderão substituí-los pouco a pouco, acrescentou outro cientista.
Esses tubarões híbridos eram inúmeros, representando em certos lugares até 20% da população total de tubarões-de-ponta-negra das águas perto do litoral australiano. Mas, no momento, não parece causar diminuição na população dos de raça pura, destacou Morgan.


Nenhum comentário:

Postar um comentário