Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

SENATED

SENATED
Senated - Seminário Nacional de Tecnologias na Educação - 100% ONLINE E GRATUITO de 22 a 28 de Outubro de 2017

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

INCÊNDIOS FLORESTAIS NO SUL DO CHILE, UMA VÍTIMA FATAL E MILHARES DE HECTARES DESTRUÍDOS

Uma pessoa morreu e quase 23.000 hectares foram destruídos nos incêndios florestais no sul do Chile, ao mesmo tempo em que foi anunciado outro na região de Maule, em uma situação de emergência provocada por uma onda de calor e seca incomum, segundo as autoridades.
Nos municípios de Florida e Quillón, na região do Biobío, cerca de 500 km ao sul de Santiago, as chamas tinham destruído 10 mil hectares e deixaram uma pessoa morta, confirmou o presidente Sebastián Piñera, ao divulgar, nesta segunda-feira informações oficiais da Oficina Nacional de Emergencias (Onemi).
A vítima é um idoso que não quis deixar o lugar e morreu queimado em sua casa, disse Piñera. O fogo queimou mais de 100 habitações, causou a evacuação de 500 pessoas e destruiu uma fábrica de painéis da empresa Celulosa Arauco, acrescentou o presidente.
Bombeiros lançam água para tentar conter o incêndio
do parque Torres del Paine, no Chile.

A vítima é um idoso que não quis deixar o lugar e morreu queimado em sua casa, disse Piñera. O fogo queimou mais de 100 habitações, causou a evacuação de 500 pessoas e destruiu uma fábrica de painéis da empresa Celulosa Arauco, acrescentou o presidente.
"Das cinco fábricas que compõem o complexo produtivo, apenas uma foi afetada (painéis plywood) e já foram tomadas as providências necessárias para proteger a fábrica de celulose, serraria e outras", disse a empresa da Copec, em um comunicado.
O incêndio ganhou força nas últimas horas devido ao forte vento e às altas temperaturas que foram registradas na região, os mesmos fatores que ajudaram a aumentar as chamas no parque nacional Torres del Paine, na Patagônia chilena, a mais de 3.000 km ao sul de Santiago.
"Infelizmente, por causa da seca e da onda de calor, temos uma situação de extrema vulnerabilidade a incêndios", disse Piñera.
O incêndio no Torres del Paine começou na terça-feira passada e até esta segunda-feira tinha consumido 12.795 hectares. Quatro dos seis focos estavam sendo controlados, segundo Piñera.
"Neste instante, dos seis focos de incêndio, quatro estão em processo de controle, ou seja, não estão crescendo. Isso não garante que não possamos ter novos incêndios por causa das más condições climáticas", disse o presidente.
Setecentos e cinquenta e três brigadistas trabalham no local e é esperada a reabertura parcial do parque nos próximos dias, no setor norte, numa área de 100 e 150 mil hectares, as mais visitadas pelos turistas. A extensão total do parque é de 230 mil hectares.
No sábado, o israelense Rotem Singer, de 23 anos, foi acusado de ter causado o incêndio por agir de forma negligente, tendo sido liberado depois de algumas horas. Ele pode pegar de 40 a 60 dias de prisão e uma multa máxima de 300 dólares. As pequenas punições levaram o presidente Piñera a anunciar "uma profunda modificação" na legislação de proteção às florestas.
Nas últimas horas foi registrado um terceiro foco de incêndio na região de Maule, a 400 Km do sul de Santiago, nas áreas de Qirihue e San Luis, que, assim como Biobío e Torres del Paine, estão em alerta vermelho. Em todo o Chile, havia nesta segunda-feira 15 incêndios de diferentes proporções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário