Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

SATÉLITE RUSSO SE PERDE NO ESPAÇO


Tecnologia era das mais potentes e modernas
Desconhece-se o paradeiro do Ekspress-AM4.
O novo satélite de comunicações «Ekspress-AM4», lançado na madrugada de hoje do Cosmódromo Baikonur (principal base de lançamento de foguetes da Rússia), no Cazaquistão, não atingiu a órbita programada, segundo anunciaram agências russas. “Depois da quarta ligação do bloco de lançamento, o bloco orbital deixou de enviar informação de telemetria”, noticiou a ITAR-TASS, acrescentando que se desconhece o paradeiro do satélite.
Segundo uma fonte citada pela Interfax, os especialistas ainda esperam que apenas se tenha tratado de uma avaria no transmissor de informação de telemetria e que o voo do satélite possa estar decorrendo normalmente.
Caso se venha a confirmar a perda do satélite, tratar-se-á de um sério revês neste campo, pois o «Ekspress-AM4» era o satélite russo mais potente e mais moderno. “Quanto aos seus parâmetros no campo das telecomunicações, trata-se de um êxito não só para a Rússia, mas também para todo o mundo”, declarou, no momento da partida, Igor Schegolev, ministro das Comunicações da Rússia.
Segundo Schegolev, o satélite devia garantir um amplo leque de serviços no campo das telecomunicações, nomeadamente “a transmissão de programas televisivos digitais para o Extremo Oriente da Rússia e Internet via satélite”.
Foi também anunciado que Moscou pretende, este ano, lançar cinco ou seis satélites do sistema GLONASS, concorrente do GPS norte-americano. Em Dezembro do ano passado, a queda de três destes, no Oceano Pacífico, levou à demissão dos dirigentes da Agência Espacial da Rússia.

NOTA: É satélite caindo ou parando de funcionar, é a NASA acabando com os voos espaciais e em vias de fechar as portas, tem alguma coisa que esses filhos da puta estão escondendo de nós.

6 comentários:

  1. Eu não duvido de mais nada neste mundo. Há muita maldade e muita leviandade no poder econômico. É muito estranho este satélite se perder no espaço, principalmente sendo Russo. Estamos vivendo a era do terror, onde a ganância, o desrespeito, as trapaças...etc. decretaram sumariamente a extinção do planeta.

    ResponderExcluir
  2. Acho que o satélite foi abduzido, e levado para o jardim de infancia de um planeta qualquer, para as crianças, extraterrestres, brincarem de "lego" com ele.

    ResponderExcluir
  3. rsrsrsr. Você é brilhante em suas considerações. Ajudou-me a descontrair um pouco de tantas informações diabólicas que andam acontecendo.

    ResponderExcluir
  4. eu tenho a facilidade, de brincar as palavras e descontrair pessoas

    ResponderExcluir
  5. Tempestade solar...esse é o primeiro!

    ResponderExcluir
  6. Pode a ter ser as tempestades solares, mais tem coisas que os cientistas não explicam e nem comentam.

    ResponderExcluir