Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

COMO NOS COMUNICAMOS UNS COM OS OUTROS?


Estudo revela que as pessoas utilizam um ritmo à base de descargas emotivas.
 Um estudo espanhol, que analisou cerca de nove mil milhões de ligações telefônicas durante quase um ano, é o primeiro a identificar as características do processo de comunicação e a quantificar o impacto sobre a divulgação de informações.
“Isto é muito importante em processos como a difusão de informações comerciais, mas também em situações como espalhar boatos, opiniões, políticas, etc.”, explica um dos autores da investigação, Esteban Moro, da Universidade Carlos III de Madrid.
A principal conclusão do estudo, publicado na revista Physical Review E, é que as pessoas comunicam em rajadas (batelada). Ou seja, o nosso comportamento não ocorre uniformemente ao longo do tempo mas em ritmo de “descargas” emotivas.
O efeito das explosões emocionais é que retarda a disseminação de informações
“Este aspecto da atividade humana, que também tem sido observado noutras atividades, tais como nos e-mails, visitas à internet ou em operações de mercado de ações, regulam a comunicação entre as pessoas”, concluem os cientistas.
O efeito das explosões é que retarda a disseminação de informações, já que os longos períodos de inatividade na comunicação entre duas pessoas são menos propensos a transferir informações de uma para a outra.
O estudo também destaca outro aspecto importante da comunicação humana: as discussões de grupo. Apesar das mesmas não acontecerem continuamente, ocorrem ao mesmo tempo entre os membros do grupo social, o que acelera a difusão de informações dentro desses grupos.
O principal objetivo do estudo é tentar compreender o padrão temporal de comunicação entre pessoas numa rede social. “Diante da visão estática de uma rede social, o nosso estudo procura compreender quando, como e como essas relações sociais são produzidas”, diz o professor Stephen Moro. E com dois propósitos: o primeiro, ver se o ritmo da comunicação entre duas pessoas permite-nos conhecer um pouco das características da relação (família, amigo, conhecido, colega, etc.); o segundo, para investigar o impacto desses ritmos na disseminação de informações em redes sociais, em processos de marketing, recomendação de produtos, etc.

2 comentários:

  1. Eles pensam em tudo! Impressionante! VIVA A GANÂNCIA!!! Ainda bem que em tudo há dois lados. Será?

    ResponderExcluir
  2. O "Ser" está desvalorizado, o "Ter" é a mola propulsora do mundo. Enquanto isto acontece, as guerras pelo poder se instalam ceifando vidas inocentes.

    ResponderExcluir