Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

PROJETO DE COLETA SELETIVA PARA RECICLAGEM QUE PODE SER IMPLANTANDO EM ESCOLAS


COMO O PROJETO É GRANDE, NÃO O COLOQUEI NA ÍNTEGRA. QUEM ESTIVER INTERESSADO NELE TODO MANDE-UM EMAIL: gmsnat@yahoo.com.br

 Diagnóstico da questão abordada

"A insensatez do desperdício nos leva a supor que nosso pequeno e frágil planeta têm de um lado um buraco infinito no qual extraímos infinitamente recursos e, do outro lado um segundo buraco, no qual atiramos inesgotavelmente o lixo que produzimos”.
Acondicionadores de lixo reciclável
Até onde permite conhecer a história, nos encontramos hoje em um sistema sem precedentes: nossos espaços estão diminuindo e a Terra parece estar tornando-se pequena demais para a crescente população.
Um aumento da população mundial implica no aumento do uso das reservas do planeta, da produção de bens e, consequentemente, da geração de lixo.
De cada l00 brasileiros, 8l moram em cidades. Atrelado a isto, vem o aumento da poluição do solo, das águas (subterrâneas e superficiais), e do ar, levando a um contínuo e acelerado processo de deterioração de nosso ambiente, com uma série de implicações na qualidade de vida de nossos habitantes e nos bens naturais.
Uma parcela significativa desta deterioração resulta no trato inadequado do lixo gerado.
A forma inadequada de disposição final de resíduos sólidos, que se caracteriza pela simples descarga sobre o solo, sem medidas de proteção ao meio ambiente ou à saúde pública, ou seja, descarga de resíduos a céu aberto (Lixão).
Os resíduos assim lançados acarretam problemas à saúde pública, como proliferação de vetores de doenças (moscas, mosquitos, ratos, baratas etc.), geração de maus odores e, principalmente a poluição do solo e das águas, através do chorume (líquido de cor preta, odor desagradável e de elevado potencial poluidor produzido pela decomposição da matéria orgânica contida no lixo), comprometendo os recursos hídricos.
Um bom gerenciamento dos serviços de coleta e disposição do lixo gerado, que estão entre os de maior visibilidade, representa boa aceitação por parte da população. Adicionalmente, a sua otimização leva a uma economia significativa dos recursos públicos. Em geral os serviços de limpeza pública absorvem entre 7 e 15% dos recursos de um orçamento municipal, dos quais cerca de 50% são destinados à coleta e ao transporte do lixo.
A coleta do lixo e o seu transporte para áreas de tratamento, reciclagem ou destinação final são ações do serviço público municipal, de grande visibilidade para a população, que impedem o desenvolvimento de vetores transmissores de doenças que encontram alimento e abrigo no lixo.
Os resíduos sólidos precisam ser transportados mecanicamente do ponto de geração ao destino final. Esse serviço caracteriza-se pelo envolvimento dos cidadãos, que devem acondicionar o lixo adequadamente.
Para que este envolvimento ocorra de forma satisfatória, o poder público deve garantir:
  •  A universalidade do serviço prestado, ou seja, todo o cidadão deve ser servido pela coleta.
  •  A regularidade da coleta, isto é, os veículos coletores devem passar regularmente nos mesmos locais, dias e horários.
Justificativa: 
Todos nós somos responsáveis pelo destino do lixo. Com o aumento expressivo da população, a poluição e o espaço reduzido, precisamos buscar meios para resgatar o que estamos perdendo, as reservas naturais, flora e fauna. A consciência ecológica nos leva a refletir sobre a reutilização e aproveitamentos de materiais antes considerados descartáveis. O projeto em nossa escola acredita que, através da reciclagem de papel, poderemos contribuir para um futuro melhor.
Um dos grandes problemas ambientais da atualidade é o lixo. É uma triste realidade. Mais de 94% do lixo produzido pela população é composto de materiais que poderiam ser reciclados ou utilizados como composto orgânico. O homem tem resolvido seu problema individualmente colocando seu lixo em lixeiros ou terrenos baldios, mas estes depósitos estão cada vez mais escassos além de favorecerem o desenvolvimento de ratos, transmissores de doenças e insetos.
O lixo deve ser tratado com seriedade para a preservação de um ambiente equilibrado.
Veja quantos benefícios recebemos quando reciclamos:
Diminuição do material enterrado ou jogado a céu aberto, evitando-se a poluição do ar, terra e água. Diminuição da retirada de recursos naturais que muitas vezes não são renováveis (Ex.: petróleo).Diminuição do desperdício. Diminuição do depósito de lixo em lugares clandestinos. Redução do consumo de energia na produção.Geração de renda pela comercialização dos recicláveis e entre outras.
Como cidadãos e com direito a um ambiente, a (NOME DA INSTITUIÇÃO) se mobiliza para este projeto de reciclagem com o intuito de satisfazer as necessidades presentes.
Objetivo Geral:
Desenvolver a consciência dos alunos, professores e pais da reciclagem do lixo produzido em casa e na escola, fazendo o reaproveitamento do mesmo.
Objetivos Específicos:  
*Aproximar o aluno, intelectual e afetivamente, da situação de saúde da população de sua região ou bairro;
* Através de um contato direto com o lixo, tomar consciência dos materiais ainda úteis;
*Identificar a importância da reciclagem na escola e também em nossas casas;
*Reeducar nossos hábitos quando usamos ou compramos algo para consumo.
Etapas do projeto:
*Conscientização do uso do lixo;
*Recolhimento do lixo produzido na escola;
*Doação ou vendas;
*Reciclagem do papel;
Análise da economia do material que houve na escola e nas casas dos educandos;
*Elaborar objetos com o lixo, reciclando-os.
Conteúdos a serem trabalhados:
*Produção do lixo doméstico;
*Destino do lixo e tratamento;
*Relação entre a real necessidade e o consumo exagerado;
*Qualidade de vida;
*Padrões culturais de consumo.
*Análise da economia do material que houve na escola e nas casas dos educando;
A seleção e reciclagem do papel permitem:
*Poupar matéria-prima da natureza;
*Melhorar a qualidade de vida da população;
*Economizar energia;
*Gerar emprego;
*Aumentar a consciência ambiental;
Aplicação dos recursos com a venda do material para reciclagem:
*Material para o laboratório de ciências: vidros, aparelhos, ect... ;
*Materiais didáticos: livros, data show, insumos para informática (cartuchos de tinta, papel), entre outros.

SE ALGUÉM INTERESSAR PEÇA POR EMAIL
gmsnat@yahoo.com.br

Um comentário:

  1. Se a reciclagem é tão vantajosa, não entendo porque esse projeto demora tanto! Que mistério é esse? Vivemos num mundo tão controverso, que chego a duvidar que haja interesse real.

    ResponderExcluir