Esta foto foi escolhida pela BBC 28 de setembro, 2012 como uma das 20 mais bonitas

Sejamos proativos nas questões relacionadas às mudanças climáticas, pois não seremos poupados de seus efeitos devastadores a curto e longo prazo.
gmsnat@yahoo.com.br
Um Blog diferente. Para pessoas diferentes!

Grato por apreciar o Blog.
Comentários relevantes e corteses são incentivados. Dúvidas, críticas construtivas e até mesmo debates também são bem-vindos. Comentários que caracterizem ataques pessoais, insultos, ofensivos, spam ou inadequados ao tema do post serão editados ou apagados.

EAD

domingo, 4 de setembro de 2011

O TUFÃO TALAS FAZ ESTRAGOS E VÍTIMAS FATAIS NO JAPÃO

O tufão Talas chegou neste sábado (3) ao Japão e já provocou a morte de pelo menos 20 pessoas, segundo informações da agência de notícias Kyodo. A tempestade também deixou cinco desaparecidos na ilha de Shikoku, no sudoeste do país, e leva ventos de até 140 km/h e fortes chuvas.
De acordo com informações da polícia e dos serviços de emergência, até o momento 98 pessoas ficaram feridas e outras 3.200 tiveram que deixar suas casas em diferentes regiões do centro e do oeste do Japão.
As vítimas fatais são uma mulher de 30 anos, encontrada em um rio na cidade de Matsuyama, e um homem de 73 anos que foi soterrado por um deslizamento de terra que atingiu sua casa. Ambos os casos ocorreram em Shikoku, no sudoeste do Japão.
O tufão Talas já é o 12º do ano, e desde as primeiras horas de sábado interrompe o tráfego aéreo nas zonas afetadas. Pelo menos 375 voos nacionais e 17 internacionais foram cancelados, enquanto cerca de 76 mil casas estão sem energia elétrica nas regiões de Kinki e Shimane, no sul do país.
A primeira região atingida foi a ilha de Shikoku, onde o tufão tocou a terra no sábado, os deslizamentos de terra deixaram 249 pessoas isoladas. Esta é a região mais afetada até o momento pelas tempestades, onde todos os serviços de trem foram cancelados. Outros 34 trajetos de trem-bala no resto do Japão também sofreram atrasos, afetando cerca de 18 mil pessoas.  A principal ilha do país, Honshu, só foi afetada pelos fortes ventos na manhã de domingo.
A agência meteorológica japonesa alertou que deve haver mais chuva e que o os moradores das regiões atingidas devem ficar em casa. Na manhã de domingo, a tempestade estava se movendo para o Norte a uma velocidade de 10 quilômetros por hora.
Imagem aérea mostra biombeiros entre casas destruídas devido a um desmoronamento causado pelo tufão 'Talas' in Tanabe, na região Oeste do Japão (4/09) (Foto: Reuters)
A companhia Tokyo Eletric Power Co (Tepco), operadora da usina nuclear de Fukushima, informou que a instalação, danificada pelo terremoto e a tsunami que devastaram o Japão em março, não foi afetada pelo tufão. Os níveis de radiação na usina, que sofreu vazamentos, continuam altos.
Imagem aérea mostra área residencial inundada
pelo tufão Talas (Reuters)
O Talas, que atingiu o país no sábado, registrou ventos de mais de 100 km/h, provocando fortes chuvas que causaram o transbordamento de rios e geraram deslizamentos de terra na ilha de Shikoku e na parte oeste de Honshu.
Segundo a NHK, o tufão deixou vinte mortos, 26 desaparecidos e 98 feridos.
Na manhã deste domingo, avançava em direção ao norte pelo mar do Japão, de acordo com a agência meteorológica japonesa.
O tufão Talas deixou 20 mortos e 26 desaparecidos em sua passagem pelo oeste do Japão, informou neste domingo a rede de televisão nacional NHK.


3 comentários:

  1. Não há um dia sequer que não deparamos com a fúria da natureza atacando regiões do planeta. Incrível também constatar que a grande maioria da população não se preocupa mesmo. Vivem num estado torpe profundo. É o famoso "NÃO É COMIGO". Resta lamentar e aguardar o que se sucederá.

    ResponderExcluir
  2. O ser humano precisa mudar pois "O NÂO É COMIGO" a qualquer hora podera vir a ser. Não existem, hoje, região no planeta que não sofrerá uma disfunção ambiental, as mudanças climáticas estão aí, e fazendo arruaças. Só que o homem não pode prever qual será a próxima ou próximas vitimas.

    ResponderExcluir
  3. Acabo de receber uma notícia do centro de informaçãoe sobre terrenotos, houve agora pouco um na Sumatra, com tsunami, duas pessoas mortas até o momento e muito estrago em prédios .

    ResponderExcluir